Associação entre funções executivas, quedas e padrões cinemáticos da marcha em idosos.

Associação entre funções executivas, quedas e padrões cinemáticos da marcha em idosos.

Título alternativo Association between executive functions, falls and kinematic gait patterns in elderly
Autor Silva, Lilian Atalaia da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Galduróz, José Carlos Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo O objetivo do presente estudo foi avaliar a associacao entre quedas, padroes cinematicos da marcha (especialmente a velocidade) e o desempenho cognitivo em uma amostra de idosos institucionalizados e comunitarios. Participaram 25 idosos pertencentes a uma instituicao de longa permanencia (grupo ILPI) e 25 idosos comunitarios (grupo Comunidade). O estado cognitivo global foi mensurado por meio do Mini Exame do Estado Mental, as funcoes executivas foram avaliadas atraves do Wisconsin Card-Sorting Test e habilidade visuo espacial pelo teste Visuoespacial. Para avaliar a funcionalidade foram utilizadas as escalas: Direct Assessment of functional status-revised (DAFS-R) e Escala de Equilibrio Funcional de Berg. Os parametros cinematicos da marcha: velocidade (maxima e media), cadencia (maxima e media), comprimento de passada e distancia percorrida, foram mensurados por meio do pedometro com acelerometro, sensor inercial Polar S3. Para verificar a frequencia de quedas utilizou-se um questionario sobre o historico de quedas nos ultimos 12 meses. Os dados parametricos foram analisados pelo Teste t the Student e pela Correlacao de Pearson, e os nao parametricos atraves do teste U Mann-Whitney e correlacao de Spearman. Em seguida foi feito o teste GLM (General Linear Model) das variaveis de interesse covariando para idade e para sintomas depressivos (GDS). Os resultados indicam que houve diferenca estatisticamente significativa entre os grupos nas variaveis cognitivas globais, itens de funcoes executivas e de funcionalidade. Nao houve associacao estatisticamente significativa entre grupos e quedas, mas observou-se associacao entre quedas e cognicao. Ao se estratificar pela idade: os grupos diferem em itens cinematicos, como cadencia media e maxima e comprimento de passada; e quando se analisa em relacao a ser ou nao caidor: a velocidade de marcha e uma variavel cinematica estatisticamente significativa, independente de o idoso ser comunitario ou institucionalizado
Palavra-chave Humanos
Idoso
Envelhecimento
Cognição
Marcha
Acidentes por Quedas
Humanos
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2014
Publicado em SILVA, Lilian Atalaia da. Associação entre funções executivas, quedas e padrões cinemáticos da marcha em idosos. 2014. 67 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 67 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23147

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14299.pdf
Tamanho: 1.411MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta