Os médicos e a regulação do acesso aos serviços de Saúde: o agir comunicativo como estratégia governamental em Diadema/SP (2008 a 2011)

Os médicos e a regulação do acesso aos serviços de Saúde: o agir comunicativo como estratégia governamental em Diadema/SP (2008 a 2011)

Título alternativo Doctors and access regulation to health care services: communicative acting as a governmental strategy in Diadema/SP
Autor Albieri, Flavius Augusto Olivetti Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Cecílio, Luiz Carlos de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Saúde coletiva – São Paulo
Resumo No Sistema Unico de Saúde (SUS) do Brasil, a regulacao do acesso aos servicos de Saúde busca superar a diferenca entre a oferta e a demanda por servicos de Saúde. Tendo em vista as diretrizes de universalidade, integralidade e equidade previstos no SUS, a equipe gestora da Saúde do municipio de Diadema/SP u cidade com mais de 390 mil habitantes e que tem investido mais de 30% do seu orcamento anual em Saúde nos ultimos 10 anos u realizou, entre 2008 a 2011, 72 oficinas tematicas sobre a regulacao do acesso envolvendo gestores e cerca de 700 profissionais, principalmente medicos, com o objetivo de construir relacoes mais proximas e negociadas entre a Gestão e as equipes de Saúde, sempre na perspectiva de melhorar o cuidado prestado. Apos os ciclos de oficina, pode-se identificar a reducao de 18% de encaminhamentos para consultas medicas especializadas, e de 9% em exames de apoio diagnostico em relacao aos anos anteriores as oficinas. Este estudo buscou analisar qualitativamente, a partir de grupos focais com participantes das oficinas (medicos, gerentes das unidades basicas de Saúde e medicos reguladores), as possiveis contribuicoes da estrategia para o aprimoramento da regulacao no municipio, em particular o fortalecimento de processos micro regulatorios locais. Os dados dos diferentes grupos focais foram cruzados com o objetivo de produzir um dialogo entre os varios atores institucionais envolvidos com regulacao. O estudo mostra como o ciclo de oficinas foi vivenciado e apreendido de modos bastante diferenciados pelos varios participantes, resultando em transformacoes nos processos de trabalho locais que guardam ritmos e iniciativas bastante diferentes entre si, aportando, desse modo, elementos importantes a serem considerados nas propostas governamentais de descentralizacao do processo regulatorio
Palavra-chave Sistema Único de Saúde
Acesso aos Serviços de Saúde
Referência e Consulta
Médicos
Pessoal de Saúde
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 109 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 109 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23092

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta