Atitude profissional: Um Estudo Avaliativo com Universitários no Internato Médico

Atitude profissional: Um Estudo Avaliativo com Universitários no Internato Médico

Título alternativo Professional attitude: assessment study with students at medical internship
Autor Martins, Stella Maris Seixas Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Rossit, Rosana Aparecida Salvador Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ensino em Ciências da Saúde – São Paulo
Resumo A formacao medica atual exige que o aluno desenvolva qualificacoes que vao alem do dominio cognitivo e das habilidades, devendo incluir qualidades humanisticas como compaixao, cortesia, comportamento respeitoso, comunicacao com pacientes, com familiares e com os colegas, capacidade de relacionar-se com outros profissionais, responsabilidade, confiabilidade, honestidade, preocupacao com os direitos dos pacientes e com a conducao do seu tratamento, qualidades estas essenciais na construcao do profissionalismo medico. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento de atitude profissional do aluno concluinte curso de medicina de uma universidade publica federal (UFRR) utilizando dois instrumentos de avaliacao. Metodologia: Foram avaliados 26 alunos no final do sexto ano (100%) sendo utilizado um exame clinico objetivo estruturado (OSCE) contendo cinco estacoes construidas para avaliacao de atitudes, com checklist unico para todas as estacoes e com 12 itens abrangendo tres dominios do profissionalismo, e a uma escala de atitudes composta por 52 itens do tipo Likert agrupados em 6 fatores : 1) aspectos psicologicos de doencas organicas, 2) situacoes relacionadas a morte, 3)atencao primaria em Saúde, 4) doenca mental, 5)contribuicao do medico ao avanco cientifico da medicina e 6) outros aspectos da pratica medica. Resultados: Atitudes positivas predominaram na avaliacao dos fatores sobre aspectos psicologicos de doencas organicas, atencao primaria a Saúde, contribuicao do medico ao avanco cientifico da medicina e outros aspectos ligados a pratica medica da escala de atitude e escores compativeis com atitudes conflitantes nos fatores sobre situacoes relacionadas a morte e a doenca mental, obtendo-se desempenhos inferiores para o genero feminino. Na avaliacao do OSCE os alunos obtiveram media geral de 17,6 pontos (73,3%), tendo melhor desempenho no dominio empatia 80,1% e pior no dominio comunicacao (56,5%). Foi avaliada a confiabilidade do checklist construido com um coeficiente α de Cronbach = 0,889. Conclusao: concluiu-se que ha necessidade de fortalecimento na abordagem de temas relacionados a atitude profissional dentro do curriculo da escola, principalmente no que tange tratar de assuntos ligados a morte, a doenca mental e das habilidades de comunicacao. O OSCE, com estacoes especificamente construidas para avaliacao de dominios do profissionalismo, se mostrou um instrumento confiavel e deveria ser implantado durante o curso, principalmente como uma ferramenta de avaliacao com carater formativo. Como produto deste estudo, foi proposta uma sistematizacao na aplicacao de ferramentas que auxiliem na avaliacao de profissionalismo, incluindo o OSCE, nao apenas no internato, mas tambem ao longo do curso de graduacao em Medicina da UFRR

C urrent medical education requires the student to develop skills that go beyond the mastery of knowledge and technical domains. H umanistic qualities like compassion, c ourtesy, respectful behavior, communication with patients, relatives and colleagues, ability to connect with other professionals, responsibility, trustworthiness, honesty, concern for the rights of patients and the conduct of their treatment are also essen tial qualities in the construction of medical professionalism. The aim of this study was to evaluate the development of professional attitude by the undergraduate student s by the end of the medical course of a Public University (UFRR) using two assessment instruments. Methodology: A total of 26 students at the end of the sixth year (100%) were assessed by an objective structured clinical examination (OSCE) with five stations built for attitude assessment based on the same checklist covering three domains o f professionalism and by a 52 - item attitude Likert scale covering psychological aspects of organic disease, death related situations, primary health care, mental illness, doctor's contribution to the advancement of medicine and scientific aspects of medic al practice. Results: Positive attitudes prevailed in the evaluation of three items of the scale scores ; conflicting attitudes were detected in situations related to death and mental illness, being worse in women . At OSCE , students achieved an overall aver age of 17.6 points (73.3%), with the best performance in empath y ( 80.1% ) and wors t in communication (56.5%). The checklist reliability was high (Cronbach α = 0.889 ) . Conclusion: T here is a need for addressing issues related to professional attitude in a sy stematic way within the school curriculum, especially regarding to issues related to death, mental illness, and communication skills. An OSCE built on stations developed to evaluate areas of professionalism proved to be a reliable instrument and should be implemented during the course, primarily as an assessment tool for formative and curricular evaluation purposes . As a product of this study, we propose a systematic application of an assessment tools et that addresses elements of professionalism, including attitudinal OSCE s, not only at the internship, but along the undergraduate course in Medicine UFRR.
Palavra-chave Humanos
Educação Médica
Estudantes de Medicina
Internato e Residência
Atitude do Pessoal de Saúde
Avaliação Educacional
Competência Clínica
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em MARTINS, Stella Maris Seixas. Atitude Profissional: Um Estudo Avaliativo com Universitários no Internato Médico. 2013. 147 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 147 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23089

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14309.pdf
Tamanho: 3.484MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta