Atitude profissional

Título alternativo Professional attitude: assessment study with students at medical internship
Autor Martins, Stella Maris Seixas Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A formacao medica atual exige que o aluno desenvolva qualificacoes que vao alem do dominio cognitivo e das habilidades, devendo incluir qualidades humanisticas como compaixao, cortesia, comportamento respeitoso, comunicacao com pacientes, com familiares e com os colegas, capacidade de relacionar-se com outros profissionais, responsabilidade, confiabilidade, honestidade, preocupacao com os direitos dos pacientes e com a conducao do seu tratamento, qualidades estas essenciais na construcao do profissionalismo medico. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento de atitude profissional do aluno concluinte curso de medicina de uma universidade publica federal (UFRR) utilizando dois instrumentos de avaliacao. Metodologia: Foram avaliados 26 alunos no final do sexto ano (100%) sendo utilizado um exame clinico objetivo estruturado (OSCE) contendo cinco estacoes construidas para avaliacao de atitudes, com checklist unico para todas as estacoes e com 12 itens abrangendo tres dominios do profissionalismo, e a uma escala de atitudes composta por 52 itens do tipo Likert agrupados em 6 fatores : 1) aspectos psicologicos de doencas organicas, 2) situacoes relacionadas a morte, 3)atencao primaria em Saúde, 4) doenca mental, 5)contribuicao do medico ao avanco cientifico da medicina e 6) outros aspectos da pratica medica. Resultados: Atitudes positivas predominaram na avaliacao dos fatores sobre aspectos psicologicos de doencas organicas, atencao primaria a Saúde, contribuicao do medico ao avanco cientifico da medicina e outros aspectos ligados a pratica medica da escala de atitude e escores compativeis com atitudes conflitantes nos fatores sobre situacoes relacionadas a morte e a doenca mental, obtendo-se desempenhos inferiores para o genero feminino. Na avaliacao do OSCE os alunos obtiveram media geral de 17,6 pontos (73,3%), tendo melhor desempenho no dominio empatia 80,1% e pior no dominio comunicacao (56,5%). Foi avaliada a confiabilidade do checklist construido com um coeficiente α de Cronbach = 0,889. Conclusao: concluiu-se que ha necessidade de fortalecimento na abordagem de temas relacionados a atitude profissional dentro do curriculo da escola, principalmente no que tange tratar de assuntos ligados a morte, a doenca mental e das habilidades de comunicacao. O OSCE, com estacoes especificamente construidas para avaliacao de dominios do profissionalismo, se mostrou um instrumento confiavel e deveria ser implantado durante o curso, principalmente como uma ferramenta de avaliacao com carater formativo. Como produto deste estudo, foi proposta uma sistematizacao na aplicacao de ferramentas que auxiliem na avaliacao de profissionalismo, incluindo o OSCE, nao apenas no internato, mas tambem ao longo do curso de graduacao em Medicina da UFRR
Palavra-chave Humanos
Educação Médica
Estudantes de Medicina
Internato e Residência
Atitude do Pessoal de Saúde
Avaliação Educacional
Competência Clínica
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 147 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 147 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23089

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta