Mecanismos moleculares relacionados a manutenção da prenhez após privação de sono paradoxal a pré-implantação em camundongos

Mecanismos moleculares relacionados a manutenção da prenhez após privação de sono paradoxal a pré-implantação em camundongos

Título alternativo Molecular mechanisms related to pregnancy maintenance after paradoxical sleep deprivation during preimplantation in mice
Autor Calegare, Bruno Frederico Aguilar Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador D'Almeida, Vania Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo Entender esse fenomeno, investigamos mecanismos moleculares associados a essa diminuicao. Para tanto, camundongos femeas Swiss foram submetidas ao cruzamento e apos confirmacao da prenhez, foram distribuidas nos grupos: privados de sono (PS) pelo metodo das plataformas multiplas por 48 ou 72 h e seus respectivos controles (CT), que puderam dormir livremente. Apos o procedimento experimental as femeas foram submetidas a eutanasia. O sangue coletado para analises bioquimicas, o utero e as tubas uterinas foram lavados para coleta de embrioes. Os uteros foram analisados quanto a expressao de genes relacionados a implantacao embrionaria. Foi feita analise da expressao de genes relacionados ao desenvolvimento e metilacao global do DNA dos embrioes apos PS por 72 h. Embrioes de maes PS por 48 h foram avaliados quanto a proteinas relacionadas ao ciclo celular. Comparadas ao grupo CT, as femeas PS por 72 h nao tiveram o peso corporal alterado, mas tiveram diminuicao do peso do utero absoluto (fresco) e de seu peso relativo ao peso do animal. Observamos aumento das concentracoes plasmaticas da corticosterona e testosterona, diminuicao das concentracoes plasmaticas de progesterona e LH, e nao observamos alteracoes nas concentracoes plasmaticas de 17β-estradiol e FSH apos PS por 72 h. Nao encontramos alteracoes na expressao genica uterina apos PS por 72h. Os blastocistos do grupo PS nao tiveram alteracoes na expressao genica e metilacao global do DNA, sugerindo que estes embrioes poderiam se desenvolver. No entanto, encontramos todos os embrioes no estagio de morula ainda nas tubas uterinas em algumas maes PS por 72 h no dia gestacional 3,5, sugerindo que estes serao os embrioes que nao iriam se desenvolver e implantar. Apos PS por 48 h nao encontramos alteracoes quanto ao tamanho ou numero de celulas dos embrioes, assim como na expressao de proteinas relacionadas ao ciclo celular. Porem, encontramos alteracao na disposicao das celulas de todos os embrioes apos privacao de sono por 48 h em algumas maes, sendo mais dispersas quando comparadas as celulas dos embrioes do grupo CT. Assim, os dados encontrados sobre as maes e blastocistos analisados apos 72 h de PS devem corresponder aos que irao se implantar e desenvolver, enquanto a diminuicao da manutencao da prenhez apos PS parece ser causada pela falta de desenvolvimento do embriao, provavelmente devida a dispersao das celulas embrionarias
Palavra-chave Privação de sono
Prenhez
Expressão gênica
Repressão epigenética
Camundongos
Idioma Português
Financiador Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia (AFIP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Número do financiamento CNPq: 472872/2011-7
FAPESP: 2010/00245-5
Data de publicação 2014
Publicado em CALEGARE, Bruno Frederico Aguilar. Mecanismos moleculares relacionados a manutenção da prenhez após privação de sono paradoxal a pré-implantação em camundongos. 2014. 121 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2014.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 120 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23077

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14335.pdf
Tamanho: 2.140MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta