Inclusão de estímulos visuais por imagens digitais na reabilitação do equilíbrio corporal nas vestibulopatias periféricas

Inclusão de estímulos visuais por imagens digitais na reabilitação do equilíbrio corporal nas vestibulopatias periféricas

Título alternativo Inclusion of visual stimuli by digital images on balance rehabilitation in peripheral vestibular disorders
Autor Manso, Andrea Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Caovilla, Heloisa Helena Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Distúrbios da Comunicação Humana (Fonoaudiologia) – São Paulo
Resumo Objetivo: Verificar o efeito da inclusao de estimulos visuais por imagens digitais na reabilitacao do equilibrio corporal de pacientes com vestibulopatias perifericas. Metodo: Participaram deste estudo clinico, randomizado e de corte prospectivo, 40 pacientes com idade entre 23 e 63 anos e queixa de tontura ha pelo menos tres meses, com diagnostico medico de vestibulopatia periferica cronica. Os pacientes foram distribuidos em grupo experimental, submetido a reabilitacao com o auxilio de estimulos visuais em DVD e grupo controle, submetido aos exercicios do protocolo de Cawthorne e Cooksey, durante 6 semanas, perfazendo 12 sessoes. Os pacientes foram submetidos ao Dizziness Handicap Inventory (DHI), escala visual analogica de tontura e testes de equilibrio estatico de Romberg sensibilizado e de apoio unipodal, antes e apos a intervencao. Resultados: Apos a intervencao, o grupo experimental apresentou valores significantemente menores do DHI (p<0,001) e da escala visual analogica de tontura (p<0,001) e valores significantemente maiores no teste de Romberg sensibilizado de olhos fechados em superficie estavel com pe direito (p=0,004) e com pe esquerdo (p=0,005) a frente e em superficie instavel com pe direito (p=0,001) e com pe esquerdo (p=0,006) a frente, no teste de apoio unipodal de olhos abertos em superficie estavel com o pe de apoio direito (p=0,017), de olhos abertos em superficie instavel com os pes de apoio direito e esquerdo (p=0,012); de olhos fechados em superficie estavel com os pes de apoio direito (p=0,028) e esquerdo (p=0,021) e em superficie instavel com o pe de apoio direito (p=0,013); o grupo controle apresentou valores significantemente menores do DHI (p=0,000) e da escala analogica de tontura (p=0,001); e, valores significantemente maiores no teste de Romberg sensibilizado de olhos fechados em superficie estavel com o pe esquerdo a frente (p=0,020), de olhos fechados em superficie instavel com pe direito (p=0,005) e com pe esquerdo (p=0,023) a frente; no teste de apoio unipodal de olhos fechados em superficies estavel (p=0,046) e instavel (p=0,027) com o pe de apoio direito. Na comparacao entre o grupo experimental e o controle antes e apos a intervencao nao houve diferenca significante (p>0,005) no DHI, escala visual analogica e testes de equilibrio estatico. Conclusao: A inclusao de estimulos visuais por imagens digitais na reabilitacao do equilibrio corporal e eficaz na reducao da tontura, na melhora da qualidade de vida e do controle postural de pacientes com vestibulopatias perifericas
Palavra-chave Humanos
Adulto
Meia-idade
Tontura/reabilitação
Equilíbrio postural
Nistagmo optocinético
Doenças vestibulares
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2014
Publicado em MANSO, Andréa. Inclusão de estímulos visuais por imagens digitais na reabilitação do equilíbrio corporal nas vestibulopatias periféricas. 2014. 65 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2014.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 63 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23057

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14263.pdf
Tamanho: 1.911MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta