Avaliacao da expressao genica ativada pelo gene GM-CSF em linhagens celulares de fibroblasto, mioblasto, macrofago e endotelial

Avaliacao da expressao genica ativada pelo gene GM-CSF em linhagens celulares de fibroblasto, mioblasto, macrofago e endotelial

Autor Santos, Adara Aurea dos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A lesao muscular ocorre frequentemente entre os esportistas e e a principal responsavel pelo abandono de suas atividades. A reparacao do tecido muscular lesado e um processo complexo e lento, que em muitos casos, a reparacao tecidual e incompleta devido a fibrose exacerbada. O GM-CSF e um fator pleiotropico hematopoietico responsavel pela proliferacao e diferenciacao de granulocitos e monocitos, e mobilizacao de celulas-tronco da medula ossea. Diversos grupos demonstraram que o GM-CSF possui acao arteriogenica e vasculogenica em modelo murino de isquemia de membros e foi demonstrado que o uso deste fator levou a diminuicao de fibrose. Com base destas observacoes, foi proposto que o GM-CSF atue como o principal fator no processo reparativo do tecido muscular lesado. Para validar esta hipotese, o principal objetivo deste trabalho foi avaliar as alteracoes de expressao genica das celulas que compoem o tecido muscular esqueletico pos-transfeccao do gene GM-CSF. Para isso, as linhagens celulares C2C12 (mioblasto), NIH3T3 (fibroblasto), Raw 264.7 (macrofago) e tEnd (celula endotelial) foram transfectadas por eletroporacao ou nucleofeccao com o vetor uP-mGM-CSF, que expressa GM-CSF murino, e nos tempos 8, 24, 48 e 72 horas o RNA total foi obtido para analise de transcricao por PCR array, o qual foi customizado para conter genes pertencentes a angiogenese, miogenese e fibrogenese e alguns fatores relevantes foram analisados por ELISA ou Western blotting. O conjunto de resultados obtidos com as quatro linhagens celulares mostra que o GM-CSF possui acao direta em macrofagos, como era esperado, mas tambem em celulas de origem nao hematopoieticas. A principal prova disso e a expressao das duas subunidades do receptor do GM-CSF, e a alteracao do perfil de genes analisados ao longo de 72 horas pos-transfeccao. Estes resultados tambem sugerem que os tres processos fundamentais para o reparo de musculo esqueletico lesionado, angiogenese, miogenese e fibrogenese, sao regulados pelo GM-CSF. Sendo assim, estes resultados corroboram com a proposta do nosso grupo de que o GM-CSF e um fator essencial na reparacao do musculo esqueletico
Palavra-chave Expressão Gênica
Sistema Musculoesquelético/lesões
Terapia Genética
Fator Estimulador de Colônias de Granulócitos e Macrófagos
Idioma Português
Data de publicação 2014
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2014. 107 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 107 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23054

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta