Associacoes de Mindfulness, estresse percebido e bem estar subjetivo entre profissionais da atencao primaria a Saúde

Associacoes de Mindfulness, estresse percebido e bem estar subjetivo entre profissionais da atencao primaria a Saúde

Autor Atanes, Ana Cristina Melo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: ha evidencias de que profissionais da atencao primaria a Saúde(APS) apresentam niveis elevados de estresse percebido e sintomas de exaustao profissional (burnout) em relacao a populacao em geral. O constructo de mindfulness se refere ao estado psicologico que emerge quando se auto regula a atencao para a experiencia direta do momento presente, numa atitude nao-critica ou julgadora, e parece ser um fator moderador para a influencia de niveis elevados de estresse para o desenvolvimento de exaustao emocional neste tipo de profissional. Objetivo: verificar a associacao de mindfulness, estresse percebido (EP) e bem estar subjetivo (BES) em profissionais da APS brasileiros. Metodo: estudo de corte transversal com abordagem quantitativa, que investiga profissionais de APS trabalhando na equipe minima (medicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, e agentes comunitarios de Saúde-ACS) da estrategia da Saúde da familia (ESF) do bairro de Sapopemba em São Paulo-SP, por meio de instrumentos de auto relato: versao brasileira da Mindful Attention Awareness Scale (MAAS), Escala de Estresse Percebido (EEP) e Escala de Bem Estar Subjetivo (EBES) com sub escalas de Afeto Positivo (EBES_AP), Afeto Negativo (EBES_AN) e Satisfacao com a Vida (EBES_SV). Conduziu-se analise de variancia multivariada (MANOVA), atraves de coeficiente de regressao (β) em relacao as categorias profissionais e tempo de servico e verificou-se as correlacoes de Pearson entre as variaveis dependentes (ajustando-se por categoria profissional e tempo de servico). Ainda, verificouse as propriedades da MAAS junto aos profissionais de APS em estudo: consistencia interna atraves do coeficiente alfa de Cronbach (α) e correlacao total excluindo um item; analise fatorial exploratoria (EFA) e analise fatorial confirmatoria (CFA). A qualidade do ajuste da estrutura foi calculada atraves de indice comparativo de ajustamento (CFI), raiz do erro quadratico medio (RMSEA), qui-quadrado (X²), indice normativo (NFI) e indice nao normatizado (NNFI). Resultados: A MAAS apresentou qualidades psicometricas adequadas para a populacao estudada. Dentre os profissionais avaliados (N=450) 94% eram do sexo feminino e 83.1% trabalhavam na ESF ha mais de 1 ano. Observou-se diferencas em relacao a categoria profissional e ao tempo de servico, quanto aos niveis de mindfulness, EP e BES. Medicos e enfermeiros apresentaram menores niveis de mindfulness e maiores niveis de EP em comparacao as outras categorias profissionais. Maiores niveis em afeto negativo foram encontrados em enfermeiros, que junto com os ACSs apresentaram menor nivel de afeto positivo. ACSs apresentaram ainda menores niveis de satisfacao com a vida. Estar no mesmo servico mais de 1 ano, associou-se a niveis elevados de EP e afeto negativo e diminuidos de BES afeto positivo e satisfacao com a vida, mas nao se correlacionou com mindfulness. Conclusao: este estudo verifica associacoes entre mindfulness, EP e BES junto a profissionais da atencao primaria a Saúde do Brasil. Correlacao negativa forte entre mindfulness e EP, evidenciaram que as categorias com menor nivel de mindfulness foram respectivamente medicos e enfermeiros, sendo estes tambem os mais estressados entre os profissionais de ESF. Tempo de servico superior a um ano, demonstrou clara influencia nos niveis de EP e BES independentemente da categoria profissional. Sugestoes foram feitas na aplicacao do instrumento MAAS para esta populacao
Palavra-chave Atenção Plena
Pessoal de Saúde
Estresse Psicológico
Esgotamento Profissional
Atenção Primária à Saúde
Estudos Transversais
Saúde do Trabalhador
Ambiente de Trabalho
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 81 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 81 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23052

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta