Diferencas entre generos no remodelamento do ventriculo esquerdo apos infarto do miocardio

Diferencas entre generos no remodelamento do ventriculo esquerdo apos infarto do miocardio

Título alternativo Gender-based differences in left ventricular remodeling after myocardial infarction. Myocardial analysis of ILK expression
Autor Sofia, Renato Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Ainda permanecem conflitantes os dados sobre as diferencas entre os generos masculino e feminino em relacao ao remodelamento ventricular esquerdo apos infarto do miocardio (IM). Alem disso, ainda nao se conhece a base molecular destas diferencas relacionadas ao genero no remodelamento do ventriculo esquerdo (VE). Este estudo analisou as diferencas entre os generos masculino e feminino em relacao ao remodelamento do VE apos IM. Visto que a quinase acoplada a integrina (ILK) influencia o remodelamento do VE, examinamos tambem se o genero afeta a modulacao da ILK pos-IM. Ratos Wistar, machos e femeas, foram distribuidos ao acaso em tres grupos: um grupo Sham, um grupo com IM moderado (tamanho: 20-39% da area do VE) e um grupo com IM grande (tamanho: ≥ 40% da area do VE). O IM foi produzido pela oclusao coronaria e foram realizadas analises ecocardigraficas e da expressao genica e proteica de ILK seis semanas apos IM. Para ambos os generos o IM causou disfuncao sistolica e aumento das dimensoes diastolica e sistolica finais do ventriculo esquerdo em funcao do tamanho da area necrotica. No entanto, as femeas com IM grande apresentaram dilatacoes sistolica e diastolica menores que os machos com IM grande. Tanto o conteudo de RNA mensageiro quanto de proteinas de ILK aumentou em femeas em funcao do tamanho do IM, mas apenas os machos do grupo de IM grande apresentaram aumento de RNA mensageiro para ILK. Observou-se ainda correlacao linear negativa entre dimensoes do VE e a expressao de RNAm de ILK e proteinas em femeas com IM grande. Os niveis de ILK observados em femeas pos-IM, entretanto, nao foram suficientes para melhorar a contracao do miocardio. Em conclusao, a expressao de ILK pos-IM e alterada conforme o genero e niveis mais elevados de ILK em femeas estao associados a melhora da geometria do VE
Palavra-chave Humanos
Infarto do Miocárdio
Ventrículos do Coração
Ventrículos do Coração/cirurgia
Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos
Distribuição por Sexo
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 71 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 71 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23044

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta