Perfil do comportamento auditivo em brasileiros com e sem dificuldade na aquisição de inglês americano

Perfil do comportamento auditivo em brasileiros com e sem dificuldade na aquisição de inglês americano

Título alternativo Profile of auditory behavior in brazilian patients with and without difficulty in the acquisition of American English
Autor Bovolini, Aline Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pereira, Liliane Desgualdo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Distúrbios da Comunicação Humana (Fonoaudiologia) – São Paulo
Resumo Tema: Aquisicao de uma segunda lingua e habilidades auditivas. Objetivo: Tracar o Perfil do Comportamento Auditivo em Brasileiros com e sem Dificuldade na Aquisicao de Ingles Americano por meio de uma escala e da mensuracao das habilidades de resolucao e ordenacao temporal de sons breves de diferentes frequencias .Metodo: O trabalho foi aprovado pelo comite de etica e pesquisa da Universidade Federal de São Paulo, CEP-UNIFESP 60735. Participaram 40 jovens adultos , dos sexos masculino e feminino, na faixa etaria de 18 a 40 anos reunidos em grupos, um grupo com (grupo estudo) e outro grupo sem dificuldade de recepcao de fala (grupo controle) para o ingles americano avaliados por meio do teste de recepcao de fala (Test of English for International Communication). Todos os individuos foram submetidos a um inventario do comportamento auditivo por meio de um questionario, da avaliacao audiologica (audiometria tonal e logoaudiometria), da imitanciometria, e dos teste auditivos comportamentais , para avaliar a ordenacao temporal -teste padrao de frequencia , e para avaliar a resolucao temporal o teste Gaps- In- Noise. Resultados: No inventario de comportamento auditivo por meio de questionario o grupo controle teve melhor pontuacao indicando maior sucesso da resolucao de eventos acusticos do que o grupo estudo (p-valor < 0,001) . Foi verificado desempenho semelhante quanto a habilidade de resolucao temporal entre os grupos. No entanto ocorreu diferenca estatisticamente significante entre os grupos tendo sido encontrado pior desempenho no grupo estudo para a habilidade de ordenacao temporal de sons breves e sucessivos no teste Padrao de frequencia tanto para a resposta do tipo humming (p-valor 0,006) como para a resposta do tipo nomeacao (p-valor 0,036). Conclusao. Brasileiros com dificuldade de aquisicao da lingua inglesa (American English) mostraram pior habilidade de ordenacao temporal e pior relato de sucesso em situacoes do dia ua udia que envolveram comportamento auditivo
Palavra-chave Humanos
Adulto
Aprendizagem
Transtornos da Percepção Auditiva
Multilinguismo
Testes Auditivos
Linguagem
Humanos
Adulto
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2013
Publicado em BOVOLINI, Aline. Perfil do Comportamento Auditivo em Brasileiros com e sem Dificuldade na Aquisição de Inglês Americano. 2013. 56 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 56 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23035

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14228.pdf
Tamanho: 1.292MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta