Efeito do tratamento com extrato de cha verde e dieta hipercalorica, hiperlipidica e hipoglicidica, sobre o teor hipotalamico de proteinas relacionadas ao controle da inGestão alimentar

Efeito do tratamento com extrato de cha verde e dieta hipercalorica, hiperlipidica e hipoglicidica, sobre o teor hipotalamico de proteinas relacionadas ao controle da inGestão alimentar

Título alternativo Effect of hypercaloric, high-fat and low-carbohydrate diet and green tea extract treatment on hypothalamic proteins involved in the control of food intake: analysis of serotoninergic system and inflammatory pathways
Autor Okuda, Marcos Hiromu Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Varios mecanismos foram propostos para o papel anti-obesogenico e anti-diabetico do cha verde. Dois deles envolvem o controle hipotalamico de homeostase energetica: (1) dieta hiperlipidica (DH) rica em acidos graxos saturados induz inflamacao de baixo grau, causando resistencia a fatores anorexigenos, como a leptina e insulina; (2) ativacao de receptores hipotalamicos de serotonina 1B e 2C (SR1B e 2C) causa reducao de inGestão alimentar, e ativacao de SR2C melhora a sensibilidade a insulina, enquanto DH pode prejudicar este sistema. Os polifenois do cha verde podem, por sua vez, reduzir a inflamacao induzida por DH, enquanto pouco se sabe sobre efeitos sobre o sistema serotoninergico. Nosso foco foi investigar os efeitos do extrato de cha verde nestes dois aspectos em camundongos suicos machos, alimentados por dieta hipercalorica e suplementados com extrato de cha verde (50 mg/kg). A dieta aumentou a area sob a curva da tolerancia a glicose, a massa de tecidos adiposos, insulina, e HOMA-IR, e diminuiu HDL-colesterol, mudancas nao observadas no grupo que recebeu extrato de cha verde. Mensuramos o consumo energetico de 2 h apos injecao intraperitoneal de fluoxetina (10 mg/kg), e camundongos sob dieta controle diminuiram a ingestao. Por outro lado, camundongos sob dieta hipercalorica apresentaram mais expressiva reducao de inGestão calorica. A dieta aumentou a expressao de marcadores pro-inflamatorios, incluindo algumas proteinas da via do receptor 4 do tipo toll (TLR4) e a interleucina-6 (IL-6), e o extrato atenuou este efeito. Possivelmente, as alteracoes de inGestão alimentar e de ganho de massa corporal estejam atribuidas ao efeito inflamatorio da dieta, mas o sistema serotoninergico permaneceu funcional, indicando que outras vias, de inibicao ou estimulacao da inGestão alimentar, foram modificados. O tratamento com extrato de cha verde foi capaz de atenuar estes efeitos inflamatorios, mostrando que a via do TLR4 no hipotalamo e importante alvo para os efeitos observados, e que estes efeitos sao independentes da inGestão alimentar
Palavra-chave Dieta Hiperlipídica
Camellia sinensis
Inflamação
Serotonina
Ingestão de Alimentos
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 50 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 50 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23027

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta