Fatores associados ao estado nutricional e a evolução da Doença do Neurônio Motor/Esclerose Lateral Amiotrófica.

Fatores associados ao estado nutricional e a evolução da Doença do Neurônio Motor/Esclerose Lateral Amiotrófica.

Título alternativo Factors associated with nutritional status and the evolution in the Motor Neurone Disease/Amyotrophic Lateral Sclerosis
Autor Salvioni, Cristina Cleide dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Oliveira, Acary Souza Bulle Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Neurologia/Neurociências - São Paulo
Resumo Objetivo Avaliar os fatores associados ao declinio do estado nutricional de pacientes com Doenca do Neuronio Motor (DNM), principalmente nas formas de apresentacao Esclerose Lateral Amiotrofica (ELA) e Paralisia Bulbar Progressiva (PBP). Material e Metodos. Trata-se de um estudo transversal com coleta de dados de primeira avaliacao nutricional compreendida entre os anos de 2009 e 2010, e a casuistica constituida por 111 pacientes com DNM. Variaveis clinicas, respiratorias, nutricionais e a Amyotrophic Lateral Sclerosis Functional Rating Scale (ALSFRS) foram analisadas. Resultados. A mediana do tempo transcorrido entre os primeiros sintomas e o diagnostico foi mais precoce (14,2 meses) entre os pacientes com a forma bulbar (PBP)em comparacao aos com a forma apendicular. O mesmo foi observado entre o tempo referido da doenca e a data da avaliacao nutricional, 24,9 meses para pacientes com PBP e 43,8 meses para a ELA (p<0,012) e o tempo entre o diagnostico e a avaliacao nutricional, 9,5 meses para o grupo com PBP e 12,1 meses para a ELA. A correlacao entre os tempos avaliados e o estado nutricional mostraram, em particular para pacientes com ELA, preservacao da gordura corporal e perda de massa muscular com a demora na avaliacao nutricional. Ainda para pacientes com ELA, as medidas antropometricas relacionadas a massa muscular se associaram com a capacidade vital forcada e somente com o peso corporal para a PBP. Dezenove pacientes possuiam alguma via alternativa para a alimentacao sendo que 63,7% da amostra utilizavam a dieta artesanal como meio de nutricao. As variaveis antropometricas apresentaramuse com valores inferiores para pacientes com PBP quando comparadas com a ELA, estando a desnutricao mais presente em pacientes com PBP (45,0%). A escala funcional apresentou estreita concordancia com os aspectos nutricionais para pacientes com DNM/ELA. Conclusoes. Orientacao nutricional e/ou indicacao tardia de via alternativa de alimentacao relacionaram-se com maior comprometimento nutricional, este ultimo mais presente no grupo com PBP. O tempo transcorrido entre a manifestacao sintomatica, o diagnostico ate a chegada do paciente ao servico de nutricao traz como resultado a piora do estado nutricional. A antropometria de braco tem relacao direta com o comprometimento respiratorio e a escala funcional. A ALSFRS, em particular o dominio 2 (funcao motora), correlacionou-se com os aspectos nutricionais. A medida de dobra cutanea do triceps deve ser mais valorizada para a avaliacao nutricional, mostrando-se fator preditor de comprometimento motor e nutricional
Assunto Esclerose Amiotrófica Lateral
Avaliação Nutricional
Antropometria
Escalas
Índice de Gravidade de Doença
Evolução Clínica
Idioma Português
Data 2013
Publicado em SALVIONI, Cristina Cleide dos Santos. Fatores Associados ao Estado Nutricional e a Evolução da Doença do Neurônio Motor/Esclerose Lateral Amiotrófica. 2013. 84 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 84 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22972

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-14164.pdf
Tamanho: 965.1Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)