Influência do status de vitamina D na absorção intestinal do estrôncio.

Influência do status de vitamina D na absorção intestinal do estrôncio.

Autor Vilaca, Tatiane Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Lazaretti-Castro, Marise Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina translacional – São Paulo
Resumo Introdução: O estroncio e o calcio sao metais alcalinoterrosos com multiplas semelhancas. Estudos sugeriram que ambos utilizam a mesma via de absorcao intestinal, o que motivou o uso do estroncio para avaliacao indireta da absorcao intestinal do calcio. Extensa investigacao ja foi realizada sobre os fatores que regulam a absorcao intestinal do calcio, destacando-se o papel da vitamina D, entretanto pouco se sabe sobre a regulacao da absorcao do estroncio. A influencia deste sobre a homeostase do calcio tambem nao esta esclarecida. Como o paratormonio (PTH) e o principal regulador da homeostase do calcio, torna-se importante avaliar o seu comportamento na presenca do estroncio. Assim, os objetivos deste trabalho sao avaliar a influencia do status de vitamina D na absorcao intestinal do ranelato de estroncio e descrever o comportamento do PTH diante da sobrecarga oral desse mineral. Pacientes e metodos: Cinquenta pacientes do sexo feminino na pos-menopausa com osteopenia ou osteoporose com funcao renal normal, em acompanhamento no ambulatorio de Doencas Osteometabolicas, foram recrutadas e divididas em dois grupos de acordo com seu status de vitamina D: 25 suficientes (SUF) e 25 deficientes (DEF). Foram considerados SUF niveis de 25(OH) vitamina D maiores que 30 ng/mL e DEF, niveis menores que 20 ng/mL. Apos coleta de exames para avaliacao inicial em jejum (incluindo dosagem serica de Sr), cada paciente recebeu 1 gr de ranelato de estroncio dissolvido em 200 mL de agua deionizada. A seguir, foram colhidas amostras para dosagem serica de estroncio e PTH apos 30, 60, 120 e 240 minutos. As 25 pacientes DEF em vitamina D foram tratadas e submetidas a novo teste apos alcancar niveis maiores que 30 ng/mL. A absorcao intestinal do estroncio foi avaliada atraves da fracao absorvida (FA) em cada tempo e da area total sob a curva concentracao de Sr x tempo. Para calculo da FA foi utilizada a formula: FA= (Sr t- Sr0) x 15% peso Dose administrada de Sr Sendo Sr t a concentracao serica de Sr no tempo selecionado e Sr0 a concentracao basal de Sr (tempo 0). Resultados: Os dois grupos, DEF e SUF, eram semelhantes, exceto pelos niveis de 25OHD (15,4 ± 5,4 x 39,36 ± 7,32ng/mL p<0,001), 1,25(OH)2D (24,97 ± 4,64 x 36,3 ± 10,2 pg/mL p< 0,001) e dose de colecalciferol em uso (808,76 ± 689,5 x 1712,4 ± 724,8 UI/d p< 0,001). O tratamento da defiCiência de vitamina D resultou em aumento significativo de 1,25(OH)2D ( 24,97 ± 4,64 x 34,62 ± 9,14 pg/mL p< 0,001) e reducao de PTH (73,87 ± 37,50 x 58,24 ± 20,13 pg/mL p=0,006). Nao houve diferenca na absorcao de estroncio entre DEF e SUF. O tratamento do grupo deficiente tampouco resultou em aumento da absorcao. A sobrecarga de estroncio associou-se com diminuicao significativa dos niveis de PTH seguida de recuperacao, nas pacientes DEF e SUF. Nao houve diferenca na magnitude da variacao do PTH nos dois grupos. Conclusao: A correcao da defiCiência de vitamina D foi eficaz para elevar seu metabolito ativo 1,25(OH)2D e reduzir PTH. A inGestão oral de Sr associou-se a queda aguda nos niveis de PTH. O tratamento da defiCiência de vitamina D e recomendado, entretanto os dados demonstram que o status da vitamina D parece nao ser determinante na absorcao intestinal do ranelato de estroncio.
Palavra-chave Absorção Intestinal
Estrôncio
Vitamina D
Osteoporose
Doenças Ósseas Metabólicas
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 61 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 61 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22955

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta