Tratamento tópico de olho seco com optive como "osmoprotetor": ensaio clínico randomizado duplo cego

Tratamento tópico de olho seco com optive como "osmoprotetor": ensaio clínico randomizado duplo cego

Título alternativo Topical osmoprotectant for the management of post-refractive surgery induced dry eye symptoms: a randomized double-blind trial
Autor Hazarbassanov, Rossen Mihaylov Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gomes, José Álvaro Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Oftalmologia e ciências visuais - São Paulo
Resumo Objetivo: Comparar os efeitos entre um colirio com osmoprotetor (Optive®; Op) versus um colirio sem osmoprotetor (FreshTears®; FT) no tratamento de pacientes portadores de doenca do olho seco (DOS) evaporativo ou por defiCiência aquosa (DA) induzida por LASIK ou PRK. Metodos: Foram incluidos 46 pacientes (67,4% do sexo feminino; media de idade ± desvio padrao: 37,61±12,66). Participantes foram randomizados para aplicar colirios FT ou Op, QID por 3 meses. Eles foram divididos nos seguintes grupos: pacientes com DOS evaporativo (24 pacientes) e pacientes encaminhados para LASIK/PRK (22 pacientes). No grupo de DOS evaporativo 11 pacientes foram tratados com FT e 13 com Op, e no grupo de cirurgia refrativa 13 pacientes foram tratados com FT e 9 foram tratados com Op. Todos os pacientes foram submetidos aos seguintes testes para diagnostico e acompanhamento do tratamento: Ocular surface disease index (OSDI), questionario de sintomatologia, acuidade visual com correcao, biomicroscopia, Schirmer 1 sem anestesia, tempo d ruptura do filme lacrimal (BUT), osmolaridade lacrimal, coloracao por fluoresceina e lissamina verde (Oxford), citologia por impressao e imunocitoquimica para HLA-DR e L-carnitina. A analise estatistica dos valores encontrados incluiu: teste de normalidade Kolmogorov-Smirnov, ANOVA duas vias de medidas repetidas, ANOVA seguido de pos-teste Tukey, Friedman seguido de pos-teste Dunns. Resultados: No grupo de pacientes de DOS evaporativo, os tratamentos FT e Op reduziram o fotofobia (p=0,022), sensacao de corpo estranho (p=0,0014), sintomas totais (p=0,003), osmolaridade (p=0,004), Schirmer 1 e coloracao conjuntival por lissamina verde. FT apresenta-se superior a Op na melhora dos parametros de ardor (p=0,0015), secura (p<0,001), visao turva (p<0,01), coloracao corneal por fluoresceina e menor positividade para HLA-DR, enquanto Op apresenta-se superior a FT em relacao aos parametros de OSDI (p=0,0064), dor, acuidade visual com correcao e escore total de citologia por impressao na regiao temporal (p=0,036). No grupo de pacientes de cirurgia refrativa, os tratamentos FT e Op possuem efeitos terapeuticos proximos sobre os parametros de secura (p=0,0001), ardor, sintomas totais, osmolaridade em 3 meses (p<0,05) e coloracao corneal com fluoresceina (p<0,05). FT apresenta-se superior a Op na melhora dos parametros de fotofobia e a positividade de celulas para HLA-DR nao se elevou apos 3 meses. Enquanto Op apresenta-se superior a FT em relacao aos parametros de OSDI, dor, osmolaridade no 1º mes (p<0,01), coloracao conjuntival para lissamina e nao alterou o escore total de citologia por impressao. Curvas ROC demonstram que a imunomarcacao por Lcarnitina e um teste sensivel para o diagnostico de olho seco (p<0,0001), enquanto HLA-DR e um marcador especifico e pouco sensivel (p>0,05). Conclusoes: Op apresenta-se superior a FT em relacao aos parametros de OSDI, acuidade visual com correcao e escore total de citologia por impressao na regiao temporal, enquanto FT apresenta-se superior a Op na melhora de coloracao corneal por fluoresceina nos grupo de pacientes com DOS evaporativo. Ja no grupo de DOS por DA, Optive apresenta-se superior a FT em relacao aos parametros de OSDI, osmolaridade no 1º mes, coloracao conjuntival para lissamina e nao alterou o escore total de citologia por impressao, possivelmente em razao de suas propriedades osmoprotetoras. A L-carnitina e um marcador interessante para diagnostico de DOS.
Palavra-chave Doenças do Aparelho Lacrimal
Síndromes do Olho Seco
Concentração Osmolar
Soluções Oftálmicas
Carnitina
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 245 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 245 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22944

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta