Estudo comparativo das anastomoses vasculares com fio e laser de CO2 em suínos.

Estudo comparativo das anastomoses vasculares com fio e laser de CO2 em suínos.

Título alternativo Comparative study of vascular anastomosis with Polypropylene and CO2 Laser swine
Autor Silva, Marco Antonio Bastos da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Plapler, Hélio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ciência cirúrgica interdisciplinar – São Paulo
Resumo Objetivos: Comparar as anastomoses de vasos (arterias e veias) femoral feitas com fio de polipropileno e laser de dioxido de carbono (CO2), avaliar as caracteristicas estruturais das anastomoses dos vasos por espectroscopia Raman e histomorfometria e ainda avaliar a relacao custo simples da anastomose com laser de dioxido de carbono. Metodos: Utilizamos 74 suinos, dos quais 2 animais sem o procedimento de anastomose vascular foram utilizados para determinar os padroes de espectroscopia Raman das arterias e veias femorais, os 72 animais restantes receberam anastomose termino-terminal das arterias e veias femorais com laser de CO2 (laser cirurgico foco de 100mm, na potencia fixa de 0,6W) ou fio de polipropileno 6.0. Os animais foram distribuidos em: grupo F (n = 26): anastomose bilateral das veias e arterias femorais com fio de polipropileno 6.0; grupo L (n = 26): anastomose bilateral das veias e arterias femorais com laser de CO2; grupo L/F (n = 20): anastomose bilateral das veias e arterias femorais com laser de CO2 ou com fio no mesmo animal. Dos grupos F e L foram selecionados 6 animais de cada, para formar o subgrupo 1: medidas de resistencia mecanica das anastomoses realizadas no ato; subgrupo 2: medidas de resistencia mecanica das anastomoses realizadas apos 30 dias. Dos 60 animais restantes apos 3, 7, 14 e 30 dias do procedimento cirurgico inicial, cinco animais de cada grupo (F, L, L/F) foram novamente operados para retirada de amostra das anastomoses realizadas e em seguida eutanasiados. As amostras foram encaminhadas para avaliacao das caracteristicas estruturais por espectroscopia Raman e histomorfometria. Foi feito teste de resistencia mecanica das anastomoses nos subgrupos1 e 2 em dois tempos distintos: logo apos e 30 dias depois da anastomose do vaso. Resultados: as anastomoses com laser de CO2, comparadas com fio, mostraram maior concentracao e orientacao das fibras de colageno total durante o processo de cicatrizacao. Na avaliacao histologica a anastomose com fio mostrou maior reacao inflamatoria quando comparada com o laser de CO2. A anastomose com laser de CO2 teve melhor custo quando comparada a anastomose feita com fio de polipropileno. Conclusao: O uso do laser para as anastomoses dos vasos se mostrou eficaz quando comparado com fio.
Palavra-chave Cirurgia Geral
Anastomose Cirúrgica
Veia Femoral
Artéria Femoral
Lasers
Análise Espectral Raman
Suínos
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 137 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 137 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22927

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta