Equilíbrio corporal em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica e suas relações com as atividades da vida diária

Equilíbrio corporal em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica e suas relações com as atividades da vida diária

Título alternativo Balance postural control in COPD patients and their relationship with activities of daily living
Autor Porto, Elias Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Jardim, José Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica (DPOC) podem apresentar deficits no equilibrio corporal, consequentemente maior risco de queda. E possivel que a alteracao do equilibrio corporal em pacientes com DPOC afete a realizacao das suas atividades da vida diaria (AVD). Objetivos - Avaliar se ocorre alteracao do equilibrio corporal em pacientes com DPOC durante a realizacao das atividades da vida diaria,(AVD) e avaliar os fatores relacionados a alteracao do equilibrio. Metodos - Os pacientes responderam a cinco questionarios: Questionario Dizziness Handicap inventory (DHI) que tem por finalidade observar o impacto da tontura na qualidade de vida; COPD Assessment Test (CAT); que avalia a qualidade de vida dos pacientes com DPOC; Escala de ansiedade e depressao (HAD); Questionario especifico de fadiga muscular (Escalas de Chalder) e o questionario sobre risco de quedas. O equilibrio foi avaliado por meio dos seguintes testes: Escala de Equilibrio de Berg, Teste Time UP and GO (TUG), Teste do Alcance Funcional (TAF), Avaliacao da Marcha e Equilibrio Orientada pelo Desempenho de POMA, Posturografia computadorizada (PDC), e a presenca de alteracoes do sistema vestibular por meio da vectonistagmografia. Resultados - Foram avaliados 154 individuos sendo 105 com DPOC e 44 individuos controle, destes 12 pacientes com DPOC e cinco do grupo controle foram excluidos por nao completarem as avaliacoes. a media da idade foi de 67,3±10,8 e 65,1±9,7 anos, DPOC e controle respectivamente. A alteracao do equilibrio corporal foi maior entre os individuos com DPOC (p=0,0005); pacientes com maior alteracao de equilibrio tem maior ocorrencia de quedas; o equilibrio corporal foi mais afetado com a idade mais avancada em pacientes com DPOC do que nos individuos controle; a alteracao do equilibrio corporal se correlacionou com a forca muscular (r=0,48), com VEF1 (r=0,31) e com idade (r=0,39). A destreza, a flexibilidade, a fadiga muscular e o historico positivo de quedas previas foram os fatores determinantes para a alteracao do equilibrio corporal em pacientes com DPOC. Conclusao u A alteracao do equilibrio corporal esta mais presente em pacientes com DPOC do que nos individuos controle, e compromete a realizacao de AVD. Palavras chave: DPOC; Equilibrio corporal; Forca muscular; Quedas; Atividades da vida diaria.
Palavra-chave Atividades cotidianas
Equilíbrio postural
Acidentes por quedas
Doença pulmonar obstrutiva crônica
Força muscular
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 133 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 133 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22922

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta