Adesão ao tratamento antirretroviral do paciente vivendo com HIV/AIDS: a influência da espiritualidade e dos parâmetros; comportamentais, imunológicos e da carga viral

Adesão ao tratamento antirretroviral do paciente vivendo com HIV/AIDS: a influência da espiritualidade e dos parâmetros; comportamentais, imunológicos e da carga viral

Autor Oliveira, Leandro Romani de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Leite, José Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo Objetivo: Ainda existem poucas pesquisas que estudaram a relacao entre espiritualidade e adesao ao tratamento antirretroviral (TARV) em pacientes vivendo com o HIV. Este trabalho objetivou avaliar a adesao ao TARV destes pacientes investigando a influencia da espiritualidade e dos parametros comportamentais, imunologicos e de carga viral. Materiais e Metodos: Este estudo transversal avaliou 101 pacientes ambulatoriais do Centro de Referencia e Treinamento em DST/AIDS do estado de São Paulo (CRT-SP), com diagnostico de HIV e em uso de TARV. A espiritualidade foi estudada considerando suas dimensoes religiosidade organizacional (RO), religiosidade nao organizacional (RNO), motivacao religiosa e enfrentamento religioso. Os parametros comportamentais, imunologicos e de carga viral foram coletados do prontuario e de questionarios validados. Resultados: A avaliacao da dimensao motivacao religiosa nao apresentou correlacao significativa com a adesao ao TARV, todavia, a espiritualidade teve uma associacao negativa a aderencia quando os pacientes pontuaram exclusivamente em sua dimensao RO e positivamente quando pontuaram em sua dimensao RNO, exclusivamente ou associada a RO. A equacao de regressao logistica para adesao acima de 80% ao TARV, com poder esperado de 97% teve em sua composicao a carga viral (OR 1, IC 1-1) o fator autoeficacia (OR 9,4, IC 1,3 u 64,0) e a frequencia com a qual o paciente reza (OR 2,6 , IC 1,27 u 5,6), esta ultima ligada a dimensao RNO e enfrentamento religioso. Conclusao: A espiritualidade tem grande influencia na adesao ao TARV, tanto positivamente quanto negativamente, de acordo com as crencas pessoais do paciente e da dimensao religiosa estudada. A adesao ao TARV acima de 80% teve uma associacao positiva com a carga viral indetectavel e com o nivel de CD4 acima de 500 celulas por mm3. Os pacientes avaliados possuem necessidades espirituais porem estas ainda nao sao reconhecidas e atendidas satisfatoriamente pelos medicos.
Assunto Espiritualidade
HIV
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Adesão à Medicação
Antirretrovirais
Idioma Português
Financiador Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia (AFIP)
Data 2013
Publicado em OLIVEIRA, Leandro Romani de. Adesão ao tratamento antirretroviral do paciente vivendo com HIV/AIDS: a influência da espiritualidade e dos parâmetros comportamentais, imunológicos e da carga viral. 2013. 62 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 62 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22908

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-14103.pdf
Tamanho: 2.895Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)