Avaliacao no processo ensino e aprendizagem

Avaliacao no processo ensino e aprendizagem

Autor Klein, Gilmara de Farias Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A expansao do ensino superior privado trouxe a caracteristica de estudante-trabalhadoro com uma realidade predominante no Curso de Graduacao em Enfermagem, nas universidades privadas. Frente a esta realidade e em proximidade com o ensino e a aprendizagem na formacao do Enfermeiro, a reflexao sobre o que se ensina, como se aprende, o que se avalia e como se avalia, tem sido motivo de inquietacao, gerando a seguinte questao: como o estudante-trabalhador do Curso de Graduacao em Enfermagem compreende e vivencia a avaliacao no processo ensino e aprendizagem? Sendo assim, teve-se como objetivo analisar os significados da avaliacao no processo de ensino e aprendizagem na otica do estudante-trabalhador do curso de graduacao em Enfermagem. Foi empregado o modelo descritivo exploratorio e a modalidade documental e empirica de campo, com abordagem qualiquantitativa com acentuacao na perspectiva qualitativa. A pesquisa foi realizada em uma instituicao de ensino superior privada, situada na Zona Leste da cidade de São Paulo, tendo como participantes 14 estudantes que estavam cursando o setimo semestre, do curso de graduacao em Enfermagem. As informacoes foram obtidas por meio de questionario na escala Likert, entrevista semiestruturada, analise do Projeto Politico Pedagogico e dos planos de ensino. Os dados obtidos por meio dos questionarios foram tabulados e dispostos em graficos. A analise dos dados das entrevistas foi submetida a Analise Tematica. Os resultados mostraram que os sujeitos caracterizam-se por serem em sua totalidade do genero feminino, 93% estao inseridas na area de Saúde, com predominancia da funcao como auxiliares de enfermagem (57%), e utilizavam os finais de semana como periodo de estudo, alem do presencial diurno ou vespertino. Os participantes conceituaram a avaliacao como uma forma de julgamento para o professor verificar se o conteudo foi aprendido ou nao; como processo, capaz de promover um julgamento e direcionar tomada de decisao, objetivando a melhora das praticas pedagogicas e do ensino; e, como funcao restrita de medir e classificar. Contudo, fica evidente entre os participantes a busca por uma forma de avaliacao que avalie o todo, e que a nota opuramenteo nao tem representatividade sobre a sua aprendizagem real, e ainda, a nota pode ser decorrente de condicoes emocionais e da influencia do trabalhar e estudar sobre a condicao de estresse e de aprendizagem. As estudantes trazem sugestoes de uma avaliacao de carater processual, elencam os instrumentos de avaliacao que contribuem para a sua aprendizagem, deixam claro a importancia dos objetivos e criterios da avaliacao, bem como a necessidade do retorno dos resultados da avaliacao, fornecendo ao professor indicacoes de como deve caminhar e reorientar a sua pratica pedagogica. Deixam sobressair que a avaliacao no processo de ensino e aprendizagem e importante, mas que este processo avaliativo, necessita romper com caracteristicas tradicionais, retirar o foco na avaliacao somativa ocarater quantitativoo e centrar-se mais na qualidade da aprendizagem do estudante.
Palavra-chave Avaliação
Ensino
Aprendizagem
Educação em Enfermagem
Trabalhadores
Estudantes
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 168 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 168 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22884

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta