Fatores de risco de perda do enxerto pancreático e de morte do receptor pós-transplante simultâneo pâncreas/rim

Fatores de risco de perda do enxerto pancreático e de morte do receptor pós-transplante simultâneo pâncreas/rim

Título alternativo Risk Factors Of Pancreatic Graft Loss And The Recipient Death After Simultaneous Pancreas / Kidney Transplant
Autor Sousa, Marcelo Goncalves Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Linhares, Marcelo Moura Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar os fatores de risco de perdas do enxerto pancreatico e do paciente, ate um ano de pos-operatorio do transplante simultaneo pancreas/rim. Metodos: Estudaram-se, retrospectivamente, 292 doentes submetidos ao transplante simultaneo pancreas/rim. Vinte e duas variaveis foram selecionadas para o estudo, sendo nove dos receptores, oito dos doadores e cinco variaveis relacionadas com o procedimento cirurgico. Para determinacao da sobrevida do enxerto pancreatico e do paciente, foram avaliadas as datas dos transplantes, as ultimas consultas e as datas dos obitos, alem de o estado atual dos doentes (vivos ou mortos) e do orgao (funcionante ou nao-funcionante). Para determinacao das perdas pancreaticas e dos pacientes aos tres meses e com um ano, todas as variaveis independentes foram confrontadas com as variaveis dependentes, perdas pancreatica e do paciente aos tres meses e com um ano, excluindo e incluindo, em duas analises, as perdas do enxerto por obito, por meio de analises univariadas; aquelas que apresentaram significancia estatistica foram analisadas em conjunto pela tecnica da regressao logistica multipla, na tentativa de desenvolver um modelo matematico capaz de predizer as perdas. Por ultimo, nos modelos com todas as varaveis significantes, foram criados escores de risco para as perdas do paciente e do enxerto pancreatico. Resultados: Nas analises multivariadas que apresentaram todas as variaveis significantes nos modelos, a idade do doador, o indice de massa corporea do receptor, o implante do enxerto do pancreas em primeiro lugar, a drenagem venosa na iliaca e a terapia de inducao sao fatores independentes relacionados com a perda do pancreas, ate os tres meses. Para a perda do paciente ate um ano, indice de massa corporea do receptor e terapia de inducao sao fatores de risco independentes para essas perdas. Conclusao: Com base nos resultados desta investigacao pode-se concluir que para a criacao de um escore de perda do pancreas, aos tres meses, as variaveis independentes relacionadas com esta perda sao: idade do doador, indice de massa corporea do receptor, o implante do pancreas em primeiro lugar, drenagem venosa na veia iliaca e terapia de inducao. Enquanto para a perda do paciente com um ano, as variaveis indice de massa corporea do doador e terapia de inducao foram incluidas no modelo de escore.
Palavra-chave Transplante de Pâncreas
Transplante de Rim
Rejeição de Enxerto
Fatores de Risco
Diabetes Mellitus Tipo 1
Análise Multivariada
Pancreas Transplantation
Kidney Transplantation
Graft Rejection
Risk Factors
Diabetes Mellitus, Type 1
Multivariate Analysis
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 121 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 121 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22882

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta