Transmissao colinergica no sistema nervoso central do camundongo distrofico (mdx)

Transmissao colinergica no sistema nervoso central do camundongo distrofico (mdx)

Autor Coletta-Yudice, Eliana Della Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A distrofia muscular de Duchenne (DMD) e uma miopatia progressiva e recessiva, causada por mutacao do gene da distrofina, uma proteina envolvida na estabilizacao do sarcolema, na regulacao do receptor nicotinico (nAChR) muscular e na sinalizacao intracelular. A falta de distrofina no sistema nervoso central (SNC) produz atrofia cerebral, alteracoes estruturais neuronais e da transmissao sinaptica associadas a deficits cognitivos e de memoria em pacientes com DMD. Estudos anteriores deste laboratorio mostraram reducao do numero dos nAChRs a7 e a4β2 no hipocampo do camundongo distrofico (mdx) adulto (³ 12 meses) em relacao ao mdx jovem (4 meses), indicando alteracoes sinapticas relacionadas a falta de distrofina (Ghedini, 2007; Souccar e col., 2007). O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da falta de distrofina na liberacao do neurotransmissor colinergico e sua modulacao pre-sinaptica nicotinica em regioes cerebrais que contem distrofina, em cortex (Cx), hipocampo (H) e cerebelo (Cb) de camundongos mdx jovens e adultos. Medidas do efluxo de tricio induzido por estimulo nicotinico com ACh (10 μM) + atropina (ATR, 0,1 μM) ou com KCl (9 mM) foram obtidas em sinaptossomas das tres regioes cerebrais submetidas a previa incorporacao com [3H]-Colina (0,08 μM) e submetidas a superfusao com tampao Krebs-bicarbonato (KB) a 37ºC. A radiatividade das amostras coletadas foi medida em cintilador β e a quantidade de tricio liberada em cada fracao foi expressa como percentagem da radiatividade total da preparacao liberacao fracional). Os resultados mostraram que o efluxo de tricio induzido por estimulo nicotinico nos sinaptossomas de Cx, H e Cb nao diferiu entre os animais controles e mdx do grupo jovem. No grupo adulto, o efluxo de tricio nao foi alterado no Cx, mas aumentou de 2,5 a 3 vezes no H e no Cb do mdx em comparacao com os respectivos controles. Comparativamente aos mdx jovens, o efluxo de tricio nas duas estruturas do mdx adulto foi 3 a 4 vezes maior. Em contraste, o efluxo de tricio estimulado por despolarizacao da membrana com KCl (9 mM) no Cx, H e Cb nao diferiu significativamente entre os controles e mdx nas duas idades. A associacao do KCl com o estimulo nicotinico tambem nao produziu aumento significativo do efluxo de tricio comparativamente ao obtido na presenca do KCl so, nas diferentes preparacoes. O efluxo de tricio induzido pelo estimulo nicotinico no H dos mdx adultos foi inibido por metilicaconitina (MLA, 50 nM), antagonista dos receptores α7, e, diidro-β-eritroidina (DHβE, 10 μM), antagonista dos receptores α4β2, de 55 e
Palavra-chave Distrofias Musculares
Distrofina
Receptores Nicotínicos
Sistema Nervoso Central
SINAPTOSSOMAS
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 95 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 95 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22878

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta