Mapeamento das evidencias de revisoes sistematicas da colaboracao Cochrane para tomada de decisao em fisioterapia

Mapeamento das evidencias de revisoes sistematicas da colaboracao Cochrane para tomada de decisao em fisioterapia

Título alternativo Mapping the evidence of Cochrane systematic reviews for decision making in Physical Therapy: cross-sectional study
Autor Versiani, Ane Helena Valle Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Contexto: Informacoes das mais variadas fontes sao produzidas diariamente. E importante a criacao de estrategias para organizar, qualificar e priorizar estes informes. A Colaboracao Cochrane vem desenvolvendo revisoes sistematicas de intervencoes de alta qualidade. Atualmente, a Fisioterapia tem sido amplamente requisitada como tratamento em varios setores da Saúde. Portanto, a realizacao do mapeamento sobre a situacao das evidencias cientificas da Fisioterapia e de extrema importancia. Objetivo: Identificar as revisoes sistematicas completas da Colaboracao Cochrane que possuem tratamentos de fisioterapia e verificar a evidencia cientifica e a recomendacao ou nao de mais estudos dos programas de intervencoes fisioterapeuticas. Tipo de estudo: Transversal. Estrategia de busca: Foram selecionadas revisoes sistematicas da Cochrane Library 2, 2009 nos 51 grupos da Colaboracao. Criterio para a selecao dos estudos: Revisoes sistematicas completas de intervencoes fisioterapeuticas como investigacao principal. Analise e coleta de dados: Foi calculado o Coeficiente de Kappa para verificar a concordancia entre as revisoes selecionadas e entre as classificacoes dos artigos. Foram calculadas as frequencias absoluta e relativa das revisoes sistematicas classificadas por grupo e geral. Resultados: Foram selecionadas 207 (5,41%), das 3.826 revisoes. Para a selecao das revisoes foi obtido valor de Kappa 0,9691; para classificacao, o valor de kappa foi 0,6311. Apenas 0,5% - Intervencao apresenta efeito positivo e o autor nao recomenda mais estudos; 45,9% - Intervencao parece ter efeito positivo e o autor recomenda mais pesquisa; 5,6% - Intervencao parece ter efeito negativo e o autor sugere mais estudos; 46,9% - Evidencia insuficiente para pratica clinica e o autor sugere mais pesquisa; 1,0% - Evidencia insuficiente para pratica clinica e o autor nao sugere mais pesquisa. Conclusao: Uma proporcao significativa das revisoes sistematicas nao tem certeza quanto ao beneficio ou maleficio de suas intervencoes, confirmando que nao ha evidencia cientifica suficiente para suportar ou refutar tais intervencoes em determinadas situacoes clinicas. Uma parcela importante de revisoes acredita que tais intervencoes sao beneficas, mas recomenda estudos futuros com maior rigorosidade da qualidade metodologica
Palavra-chave Prática Clínica Baseada em Evidências
Fisioterapia
Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 303 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 303 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22872

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta