Hemorragia pós-operatória em 397 adenotonsilectomias realizadas nos Hospitais Geral de Pirajussara (HGP) e Hospital Estadual de Diadema (HED) / UNIFESP-EPM

Hemorragia pós-operatória em 397 adenotonsilectomias realizadas nos Hospitais Geral de Pirajussara (HGP) e Hospital Estadual de Diadema (HED) / UNIFESP-EPM

Título alternativo Postoperative hemorrhage in 397 adenotonsillectomies performed at Hospital Geral de Pirajussara (HGP) and Hospital Estadual de Diadema (HED) / Federal University of São Paulo (UNIFESP-EPM)
Autor Dib, Gabriel Cesar Autor UNIFESP Google Scholar
Kosugi, Eduardo Macoto Autor UNIFESP Google Scholar
M. Neto, Júlio Autor UNIFESP Google Scholar
Antunes, Marcos L. Autor UNIFESP Google Scholar
Morales, Douglas S. R. Autor UNIFESP Google Scholar
Guilherme, Arnaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Fukuda, Yotaka Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Adenotonsillectomy is a common procedure in otorhinolaryngology, and it is recommended for tonsil and adenoid hypertrophy. Hemorrhage is the most common complication of this procedure. In this study, we present the incidence of postoperative hemorrhage following adenotonsillectomy carried out at Hospital Geral de Pirajussara (HGP) and Hospital Estadual de Diadema (HED), whose purpose was to identify cases of bleeding. STUDY DESIGN: Historic transversal cohort. MATERIAL AND METHOD: We analyzed 397 patients who underwent adenoidectomy, tonsillectomy and adenotonsillectomy. Adenotonsillectomy represented 91.7% of all surgeries. Patients were aged 2 to 39 years. Preoperative tests were conducted in all patients, with weekly follow-up up to the first month after surgery. RESULTS: 397 surgeries were performed in the hospitals (HGP and HED), 364 adenotonsillectomies (91.7%), 16 tonsillectomies (4.03%) and 17 adenoidectomies (4.28%). There were 5 cases of postoperative bleeding, 3 of which occurred in the early postoperative period and 2 in the middle postoperative period. There were no reports of bleeding in late postoperative period. The incidence of hemorrhage was 1.37% (5 out of 364 cases). CONCLUSION: Postoperative hemorrhage possibly results from poor surgical technique and blood clotting disorder in some patients.

As adenotonsilectomias são cirurgias freqüentes na especialidade de otorrinolaringologia, e sua principal indicação é a hipertrofia das tonsilas palatinas e faríngeas. Sua complicação mais comum é a hemorragia. Em nosso trabalho apresentamos a incidência de hemorragia pós-operatória das adenotonsilectomias realizadas no Hospital Geral de Pirajussara (HGP) e Hospital Estadual de Diadema (HED), objetivando a identificação das causas de sangramento. FORMA DE ESTUDO: Coorte transversal historica. MATERIAL E MÉTODO: Foram avaliados 397 pacientes submetidos a cirurgias de adenoidectomias, tonsilectomias palatinas e adenotonsilectomias. Estas últimas representaram 91,7% do total. A idade dos pacientes variou de 2 a 39 anos. Foi realizada triagem pré-operatória através de exames laboratoriais em todos os pacientes e os mesmos foram acompanhados em retornos semanais até o primeiro mês de pós-operatório. RESULTADOS: Foram realizadas nos dois hospitais (HGP e HED) 397 cirurgias, sendo 364 adenotonsilectomias (91,7%), 16 tonsilectomias palatinas (4,03%) e 17 adenoidectomias (4,28%). Houve 5 casos de sangramento no pós-operatório, sendo 3 no período imediato e 2 no período mediato. Não ocorreu nenhum caso de hemorragia no período tardio. A incidência de hemorragia, portanto, foi de 1,37% (5 casos em 364). CONCLUSÃO: a hemorragia pós-operatória parece estar relacionada com a dificuldade técnica da cirurgia e alterações da hemostasia encontradas em alguns pacientes.
Palavra-chave adenoidectomy
tonsillectomy
hemorrhage
bleeding
adenoidectomia
tonsilectomia
hemorragia
sangramento
Idioma Português
Data de publicação 2004-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, v. 70, n. 6, p. 757-760, 2004.
ISSN 0034-7299 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Extensão 757-760
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992004000600008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72992004000600008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2285

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-72992004000600008.pdf
Tamanho: 68.56KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta