Infecção por Mycobacterium tuberculosis em pacientes submetidos a transplante autólogo e alogênico de células-tronco hematopoéticas no Instituto de Oncologia Pediátrica - IOP/GRAACC/UNIFESP.

Infecção por Mycobacterium tuberculosis em pacientes submetidos a transplante autólogo e alogênico de células-tronco hematopoéticas no Instituto de Oncologia Pediátrica - IOP/GRAACC/UNIFESP.

Título alternativo Mycobacterium tuberculosis infection in recipients undergoing autologous and allogeneic hematopoietic stem cell transplantation at Pediatric Oncology Institute - IOP/GRAACC/UNIFESP
Autor Takahashi, Tatiane Naomi Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pinto, Maria Isabel de Moraes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Pediatria e ciências aplicadas à pediatria – São Paulo
Resumo Introdução: Apos o transplante de celulas-tronco hematopoeticas (TCTH), os pacientes passam por um periodo de imunossupressao e ficam suscetiveis a infeccoes, dentre elas a tuberculose. Pouco se sabe sobre a frequencia e caracteristicas da infeccao por Mycobacterium tuberculosis nesses individuos. Objetivo: Avaliar a frequencia de infeccao por Mycobacterium tuberculosis em criancas e adolescentes submetidos a TCTH ha mais de 1 ano, atraves do teste tuberculinico e do teste T-SPOT.TB, comparando-a a de um grupo controle sadio de idade semelhante; correlacionar a presenca da infeccao com caracteristicas do TCTH, nivel de reconstituicao imunologica pos-transplante e contato conhecido com paciente com tuberculose bacilifera. Desenvolvimento e metodos: Trata-se de um estudo transversal em que, de agosto de 2009 a junho de 2012, foram incluidos 114 individuos: 44 individuos saudaveis do grupo controle (C) (mediana de idade: 15,5 anos) e 70 pacientes submetidos a TCTH (T) (mediana de idade: 15,7 anos; mediana de tempo pos TCTH: 4 anos) acompanhados no IOP/GRAACC da UNIFESP. A avaliacao da infeccao por tuberculose foi realizada atraves de T-SPOT®.TB (Oxford Immunotech, Abdington, Reino Unido) e do teste tuberculinico, alem de radiografia de torax. A imunofenotipagem de linfocitos de sangue periferico foi feita atraves de citometria de fluxo. Para a analise estatistica utilizamos o teste Exato de Fisher e o Qui-Quadrado para as variaveis categoricas, e o teste Mann-Whitney para as variaveis quantitativas. Resultados: Dos 114 individuos, 2 pertencentes ao grupo transplantado e 1 individuo do grupo controle recusaram-se a fazer o TT, por isso foram excluidos da analise clinica e laboratorial para tuberculose. O grupo controle e o de pacientes transplantados foram comparaveis em relacao a idade, genero, classificacao socio-economica, presenca de marca da vacina BCG, contato intimo com tossidor cronico e frequencia de tuberculose latente (Grupo T= 5,8%, Grupo C= 9,3%; Exato de Fisher, p=0,708). A mediana do numero de celulas T CD3+/mm3 (Grupo T= 1468, Grupo C= 1722; Mann-Whitney, p=0,027), T CD4+/mm3 (Grupo T= 715, Grupo C= 1035; Mann-Whitney, p<0,001) e NK/mm3 (Grupo T= 209, Grupo C= 290; Mann-Whitney, p=0,002) foi menor no grupo dos transplantados. Apesar dessa diferenca, observou-se que a mediana de todas as populacoes de celulas analisadas entre os pacientes estava dentro dos valores de normalidade para a idade. Em cada grupo houve 4 casos de TT e/ou T-SPOT.TB positivos, com uma concordancia de mais de 90% entre os testes. A avaliacao destes 8 individuos com infeccao latente por M. tuberculosis mostrou que nao houve um padrao caracteristico de resposta a infeccao das celulas T CD4+, T CD8+ e T &#947;&#948; em numero, e nenhum apresentou sintomas clinicos de doenca ativa. Conclusao: A frequencia de infeccao latente por Mycobacterium tuberculosis entre paciente pediatricos submetidos a TCTH foi comparavel a do grupo controle. Nenhum dos individuos do estudo apresentou tuberculose ativa. O teste tuberculinico mostrou-se um bom teste para o diagnostico da tuberculose latente, nao havendo a necessidade do uso de um teste confirmatorio in vitro nesses individuos que ja apresentam reconstituicao imunologica pos-TCTH
Palavra-chave Humanos
Criança
Mycobacterium tuberculosis
Tuberculose Latente
ELISPOT
Transplante de Células-Tronco Hematopoéticas
Imunofenotipagem
Subpopulações de Linfócitos
Síndrome Inflamatória da Reconstituição Imune
Humanos
Criança
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 77 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 77 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22841

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta