Avaliacao da competencia do juizo moral de estudantes de medicina

Avaliacao da competencia do juizo moral de estudantes de medicina

Título alternativo Evaluation of Medical StudentsÆ Moral Judgement Competence: comparing a traditional course on Bioethics and a course on Bioethics complemented with the Konstanz Method of Dilemma Discussion: education in Bioethics and the promotion of young adultsÆ moral and democratic competencies
Autor Serodio, Aluisio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: Na atualidade, medicos sao criticados por se preocuparem apenas com o aspecto tecnico da profissao, deixando o componente do relacionamento em segundo plano, num processo que se convencionou chamar de desumanizacao da Medicina. Discute-se se intervencoes educativas na area da Bioetica e da Etica Medica podem alterar o quadro de regressao da capacidade de pensar problemas morais apresentada por estudantes de Medicina durante a graduacao. Neste trabalho, o surgimento da Bioetica e descrito como uma necessidade social de esclarecimento e orientacao moral, que gera um movimento internacional e transcultural cuja repercussao academica e a criacao de um espaco interdisciplinar. Objetivos: Avaliar a eficacia de um curso de Bioetica e do Metodo Konstanz de Discussao de Dilemas (KMDD) sobre a competencia do juizo moral e a competencia democratica de estudantes de medicina. Procedimentos Metodologicos: O Teste do Juizo Moral estendido (MJT-xt) foi aplicado antes e apos o curso de Bioetica para estudantes do 3º ano medico da Unifesp-EPM. Em 2010, foi ministrado o curso tradicional de Bioetica. Em 2011, o curso foi complementado por duas discussoes de acordo com o KMDD. Resultados: Um total de 165 sujeitos participou do estudo. As diferencas entre os diversos indices de competencia do juizo moral, antes e apos os cursos de Bioetica, em ambos os grupos, nao apresentaram significancia estatistica (Teste T Pareado, p < 0,05). O calculo da Magnitude Absoluta do Efeito (Absolute Effect Size, aES), entretanto, mostrou que o curso de Bioetica complementado pelas discussoes KMDD teve um impacto positivo, ainda que discreto, sobre a competencia do juizo moral dos estudantes quando comparado com o curso tradicional (aES = +1,8 para o indice principal). Discussao: As causas de um impacto tao discreto (inexperiencia do facilitador das discussoes, inadequacao dos dilemas utilizados) sao discutidas, bem como a necessidade de exploracao do aspecto afetivo, e nao apenas do cognitvo, do comportamento moral. Consideracoes Finais: E proposto que a Bioetica nacional promova uma ovirada educacionalo. Entende-se que a educacao pela e para a Bioetica pode propiciar o desenvolvimento de competencias ligadas ao raciocinio pratico e a democracia, empoderando os mais vulneraveis e sensibilizando os privilegiados (entre eles os futuros medicos) para lidarem com os problemas eticos e morais relacionados a Saúde. O desenvolvimento destas competencias pode melhorar o convivo social ao auxiliar no manejo das incertezas e ambiguidades da contemporaneidade
Palavra-chave Humanos
Bioética/educação
Estudantes de Medicina
Desenvolvimento Moral
Democracia
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 135 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 135 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22823

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta