Avaliação da resposta do eixo hipotálamo-pituitária-adrena ao teste de supressão da prednisolona em vitimas de violência intencional

Avaliação da resposta do eixo hipotálamo-pituitária-adrena ao teste de supressão da prednisolona em vitimas de violência intencional

Título alternativo Evaluating the response of the hypothalamic-pituitary-adrena to the prednisolone suppression test in victims of intentional violence
Autor Ruiz, Juliana Elena Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Mello, Marcelo Feijó de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psiquiatria e Psicologia Médica – São Paulo
Resumo A violencia repercute sobre a Saúde do ser humano, tanto no plano psicologico como no fisico. As consequencias, para quem vivencia essa experiencia, sao sempre singulares. Os individuos que desenvolvem o Transtorno de Estresse Pos-Traumatico desenvolvem uma constelacao de sintomas, na sequencia de um acontecimento emocional muito traumatico. Existem evidencias de que esses sintomas representam uma manifestacao comportamental de mudancas na estrutura e funcoes cerebrais induzidas pelo estresse. O Eixo Hipotalamo Pituitaria Adrenal (HPA) e controlado por um conjunto de neuronios hipofisiotropicos. Esses neuronios sintetizam e secretam hormonio de liberacao de corticotropina, o principal estimulador do adrenocorticotropico. Um grande numero de pesquisas tem sido realizado, para avaliar como ocorrem essas reacoes fisiologicas e patologicas do estresse. Os objetivos deste estudo foram avaliar a sensibilidade dos receptores de glicocorticoides, atraves da avaliacao da concentracao salivar do cortisol, em pacientes com Transtorno de Estresse Pos-Traumatico (TEPT), apos o Teste de Desafio de Supressao da Prednisolona e identificar as vitimas de violencia, que tambem sofreram algum tipo de experiencia traumatica precoce, se quando adultos, apresentam mais disfuncao do Eixo Hipotalamo Pituitaria Adrenal na forma de hipossecrecao de cortisol. Metodo: foram estudados 48 pacientes que passaram por situacoes traumaticas, sendo 34 com o diagnostico de Transtorno de Estresse Pos Traumatico e 14 pacientes que nao desenvolveram o Transtorno de Estresse Pos Traumatico. No inicio do atendimento, eram administradas escalas como The structured Clinical interview I e II, The Clinician administered PTSD Scale, The Beck Depression Inventory, The Early Trauma Inventory e The Peritraumatic Dissociative Experiences Questionnaire. Amostras de saliva foram coletadas antes e depois do TSP. Resultados: 48 individuos, sendo 34 casos (TEPT positivo) e 14 controles (TEPT negativo) foram incluidos. Comparando a concentracao salivar durante instantes, utilizando ANOVA nao parametrico para dados ordinais com medidas repetidas, foram encontradas diferencas, estatisticamente relevantes, em relacao ao tempo e grupos. Individuos com TEPT apresentavam menor concentracao de cortisol, em relacao as vitimas de violencia sem TEPT. No entanto, quando comparamos a curva do cortisol, diferenciando pacientes com ou sem Transtorno depressivo maior, a ultima tinha curvas semelhantes aos do grupo-controle, com maiores concentracoes de cortisol. O modelo de regressao linear mostrou uma correlacao negativa, entre a concentracao de cortisol salivar em relacao ao despertar com as escalas CAPS, BAI, e o escore de abuso sexual na ETI, ou seja, quanto maiores foram os escores, menores foram as concentracoes de cortisol. Conclusoes: nossos achados reforcaram que, pacientes com TEPT tem baixos niveis de cortisol basal e uma hipersensibilidade dos receptores de glicocorticoides. Entretanto, outros fatores devem ser considerados quando se estuda o Eixo HPA, como a presenca de historia de abuso sexual durante a infancia e Transtorno Depressivo Maior como comorbidade, uma vez que tem um impacto significativo sobre a resposta ao estresse
Palavra-chave Humanos
Transtornos de Estresse Pós-Traumáticos
Transtorno Depressivo Maior
Violência Sexual
Hidrocortisona
Prednisolona
Estresse Psicológico
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em RUIZ, Juliana Elena. Avaliação da resposta do eixo hipotálamo-pituitária-adrena ao teste de supressão da prednisolona em vitimas de violência intencional. 2013. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 90 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22805

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13997.pdf
Tamanho: 472.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta