Impacto da infecção pelo citomegalovirus na função tubular precoce, função renal e sobrevida do enxerto a longo prazo em pacientes transplantados de rim

Impacto da infecção pelo citomegalovirus na função tubular precoce, função renal e sobrevida do enxerto a longo prazo em pacientes transplantados de rim

Título alternativo Impact of cytomegalovirus infection in early tubular fuction, renal function and graft survival on the long term in patients submitted to kidney tranplantation
Autor Requião-Moura, Lucio Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pacheco-Silva, Alvaro Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A infeccao pelo Citomegalovirus (CMV) pode aumentar o risco de de disfuncao cronica do enxerto (DCE), mas essa relacao nao esta claramente estabelecida no transplante de rim. OBJETIVOS: Avaliar o impacto da infeccao pelo CMV na funcao tubular, precoce e na funcao renal e sobrevida do enxerto renal a longo prazo. METODOLOGIA: Na 1ª analise foram incluidos 217 pacientes transplatados de rim com doador falecido (DF) no periodo entre 2002 e 2005, em 3 centros, sendo 41,9% induzidos com timoglobulina e avaliadas sobrevida do enxerto, funcao renal ao final de 5 anos e risco de DCE (<60ml/min), de acordo com a infeccao pelo CMV. Na 2ª analise foram incluidos 209 pacientes submetidos a transplante de rim com DF, entre 2002 e 2010, em apenas 1 centro, em que todos receberam inducao com timoglobulina e avaliadas as medidas de RBP urinaria (mg/l) no momento da infeccao e funcao renal ao final de 3 anos. Na 3ª analise foram incluidos apenas os pacientes que receberam tacrolimo e foram avaliadas medidas sequenciais de RBP urinaria. O diagnostico da infeccao pelo CMV foi feito atraves da antigenemia pp65. A funcao renal foi estimada por Cockcroft-Gault (ml/min). RESULTADOS: 1ª analise: A frequencia de infeccao pelo CMV foi de 42,4%. Ao final de 5 anos de seguimento, a funcao renal (50,6±28,4 vs. 60,7±27,8, p=0,006) e a sobrevida do enxerto, nao censurada para o obito (89,6% vs. 94,6%, p=0,026), foi inferior nos pacientes com infeccao. O risco de DCE foi influenciado pelo uso de ciclosporina (RR=0,39, p=0,001), pela Infeccao pelo CMV (RR=1,81, p=0,02) e por doadores mais velhos (RR=2,48, p=0,001). 2ª analise: A frequencia de infeccao pelo CMV foi de 63,4%. A RBP urinaria, no momento do diagnostico da infeccao, estava elevada em 79,2% dos pacientes com CMV. Nesse mesmo momento, o nivel de RBP estava maior nos pacientes infectados: 16,5±38,7 vs. 3,3±6,4, p<0,001. A funcao renal 3 anos apos o transplante foi melhor nos pacientes sem infeccao: 69,6±22,7 vs. 57,7±22,0, p=0,008. O risco de DCE o final de 1 anoo foi influenciado pela rejeicao aguda (RR=1,46, p=0,04), infeccao pelo CMV (RR=1,49, p=0,026) e doadores mais velhos (RR=2,11, p<0,001). 3ª analise: A frequencia de infeccao pelo CMV foi de 72,9%. A RBP urinaria no momento da infeccao estava elevada em 81,8% dos pacientes com infeccao. Na avaliacao sequencial, nao houve diferenca no nivel de RBP ao final de 1 mes de transplante, mas no momento do diagnostico (16,9±41,1 vs.1,90±1,50, p=0,025) e 3 meses apos o transplante (4,7±8,6 vs. 1,70±2,1, p=0,041) os niveis urinarios estavam elevados nos pacientes com a infeccao. A funcao renal 3 anos apos o transplante foi menor nos pacientes que tiveram infeccao: 61,3±23,1 vs. 73,3±33,2, p=0,03. CONCLUSOES: Pacientes que tiveram infeccao evoluiram com pior sobrevida do enxerto em ate 5 anos anos de seguimento, bem como pior funcao do enxerto renal 3 e 5 anos apos o transplante. Pacientes com a infeccao apresentam niveis de RBP urinaria significativamente mais elevados do que os pacientes sem infeccao nos primeiros 3 meses de transplante
Palavra-chave Humanos
Transplante de rim
/mortalidade
Transplante
Sobrevida
Citomegalovirus
Acidose tubular renal
Proteínas de ligação ao retinol
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 191 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 191 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22797

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta