Comparação de diferentes meios para o cultivo ex vivo de células epiteliais do limbo

Comparação de diferentes meios para o cultivo ex vivo de células epiteliais do limbo

Título alternativo Comparison of different culture media for limbal epithelial cells cultivated ex vivo
Autor Loureiro, Renata Ruoco Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nishi, Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Oftalmologia e ciências visuais - São Paulo
Resumo Objetivo: Comparar a eficacia de tres diferentes meios de cultura para o crescimento, diferenciacao, proliferacao e viabilidade de celulas-tronco epiteliais do limbo cultivadas ex vivo. Metodos: As culturas de celulas epiteliais do limbo foram estabelecidas a partir de 10 rimas corneo-esclerais cultivadas em tres diferentes meios de cultura: Supplemental Hormonal Epithelial Medium (SHEM), Keratinocyte Serum-Free Medium (KSFM) e Epilife. O desempenho das culturas de celulas epiteliais do limbo em cada meio foi avaliado de acordo com os seguintes parametros: area de crescimento e migracao epitelial; imunocitoquimica para ATP-binding cassette member 2 (ABCG2), p63, Ki67, citoqueratina 3 (CK3) e vimentina (VMT); reacao em cadeia da polimerase via transcriptase reversa (RT-PCR) em tempo real para CK3, ABCG2 e p63, e viabilidade celular utilizando a coloracao Hoechst. Resultados: As celulas epiteliais do limbo cultivadas em SHEM apresentaram migracao mais rapida, em comparacao com KSFM e Epilife. A analise imunocitoquimica evidencia que as celulas cultivadas em meio SHEM apresentaram menor expressao de marcadores relacionados com celulas-tronco epiteliais (ABCG2), e celulas indiferenciadas (p63), e maior porcentagem de celulas positivas para epitelio diferenciado (CK3), quando comparado com KSFM e Epilife. Na analise da RT-PCR, a expressao de ABCG2 foi estatisticamente maior para Epilife em comparacao ao SHEM. A expressao de p63 foi estatisticamente maior para Epilife quando comparada com SHEM e KSFM. Por outro lado, expressao de CK3 foi significativamente menor em KSFM quando comparada com SHEM. Conclusao: Com base em nossos resultados, concluimos que as celulas cultivadas nos meios KSFM e Epilife apresentaram maior porcentagem de celulas-tronco epiteliais limbicas, quando comparadas com as celulas cultivadas no meio SHEM
Palavra-chave Células-Tronco Adultas
Epitélio Anterior
Técnicas de Cultura de Células
Transplante
Limbo da Córnea
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 55 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 55 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22782

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta