Estresse infantil, ansiedade e depressão materna em crianças com constipação crônica funcional

Estresse infantil, ansiedade e depressão materna em crianças com constipação crônica funcional

Título alternativo Stress child, maternal depression and anxiety in children with and without chronic functional constipation
Autor Lisboa, Valéria Cristina Antunes Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Morais, Mauro Batista de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A constipacao cronica funcional e uma doenca observada com frequencia na populacao pediatrica, sendo sua etiologia de ordem multifatorial. Estudos que abordam a presenca de aspectos psicologicos sao escassos. Nao existem trabalhos controlados que abordem a presenca de estresse infantil, depressao e ansiedade materna em casos de constipacao cronica funcional. Objetivo: avaliar: a presenca de estresse infantil, depressao e ansiedade materna em criancas com e sem constipacao cronica funcional; evolucao clinica da constipacao, do estresse infantil, da depressao e ansiedade materna apos periodo de 6 meses de tratamento no grupo de criancas com constipacao. Metodologia: trata-se de um estudo transversal e controlado, em que foram avaliadas 60 pares maes/criancas com constipacao cronica funcional e 50 pares maes/criancas com habito intestinal normal. Para a coleta de dados, foram utilizados um protocolo clinico padronizado para a constipacao, um roteiro socioambiental, a escala de estresse infantil de Lipp para avaliar as criancas e as escalas para depressao e ansiedade de Beck para avaliar as maes. As escalas e o protocolo foram aplicados no inicio e apos 6 meses do tratamento medico para avaliar a presenca e evolucao clinica da constipacao, do estresse infantil, da depressao e ansiedade materna apos o tratamento especializado. A evolucao clinica das criancas com constipacao foi definida como com ou sem melhora clinica. Os dados encontrados foram apresentados em tabelas com os recursos da analise estatistica, com o intuito de correlacionar os achados referentes aos aspectos psicologicos com a constipacao. Resultados: Estresse infantil de maior gravidade (quase exaustao, p<0,001 e exaustao, p=0,001) foi observado com maior frequencia no grupo de criancas com constipacao. As manifestacoes clinicas do estresse observadas com maior frequencia no grupo com constipacao foram reacoes: fisicas (p<0,001), psicologicas (p=0,003) e psicofisiologicas (p<0,001). Depressao materna moderada (0,048) e grave (p<0,001) ocorreu com maior frequencia no grupo de criancas com constipacao. Ansiedade materna moderada (p<0,001) e grave (p=0,001) foi observada com maior frequencia no grupo de constipados. Melhora clinica da constipacao foi observada em 49,1% dos casos. O estresse infantil de maior gravidade (quase exaustao e exaustao) diminui em 85% as chances de melhora da constipacao; depressao materna de maior gravidade (moderada e grave) diminui em 45% as chances de melhora clinica da constipacao. Houve melhora do estresse infantil (p=0,007), da depressao (p= 0,008) e da ansiedade materna (p=0,002) de maior gravidade na segunda avaliacao, apos tratamento. Associacao entre melhora do estresse infantil e da depressao materna (p=0,007) e do estresse infantil com a ansiedade materna (p=0,009) apos o tratamento foram estatisticamente significantes. Nao se observou associacao entre melhora clinica da constipacao com estresse infantil, depressao e ansiedade materna. Conclusao: estresse infantil, depressao e ansiedade materna de maior gravidade estao associados com os casos de criancas com constipacao. Estresse infantil e depressao materna de maior gravidade interferem na evolucao clinica favoravel da constipacao. Estresse infantil, depressao e ansiedade materna melhoram apos tratamento, mas nao estao associados com a melhora clinica da constipacao
Palavra-chave Criança
Constipação intestinal
Psicologia
Pediatria
Estresse psicológico
Ansiedade
Depressão
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 136 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 136 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22773

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta