Fatores associados a mudança de decisão em realizar o abortamento de gestação decorrente de violência sexual: Hospital Pérola Byington - 1994-2012

Fatores associados a mudança de decisão em realizar o abortamento de gestação decorrente de violência sexual: Hospital Pérola Byington - 1994-2012

Título alternativo Factors associated with the change of decision to perform an abortion for pregnancy resulting from sexual violence: Hospital Perola Byington - 1994-2012
Autor Pimentel, Renata Martins Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Silva, Rebeca de Souza e Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Saúde Coletiva – São Paulo
Resumo Introdução: A tentativa de se conhecer mulheres que realizam abortamento sempre foi tarefa ardua e a partir da decada de 80 comecou a se investigar essa questao, tendo inicio busca por esses numeros e o perfil dessas. No Brasil, a legislacao sobre o abortamento encontra-se entre as mais restritivas, crime previsto pelo Codigo Penal com penalidades para a mulher e para o medico que o praticam. No entanto, a interrupcao voluntaria da gravidez e permitida por lei em situacoes especiais, entre elas em casos de gravidez resultante de estupro. Em alguns estudos foram encontrados 20% de casos que tiveram desistencia em dar continuidade a interrupcao dessa gestacao. Inumeros sao os motivos que podem levar essas mulheres a nao realizacao do abortamento, porem pouco se sabe sobre o perfil dessas mulheres. Assim, nesta perspectiva, buscou- se destacar no presente estudo o perfil de mulheres que desistem de realizar o abortamento apos dar inicio a sua solicitacao. E, identificar suas caracteristicas de acordo com os dados inicialmente levantados em prontuarios.Objetivo: Caracterizar fatores associados na mudanca de decisao em realizar o abortamento de gestacao decorrente de violencia sexual. Metodo: foram avaliados 1236 prontuarios junto ao Hospital Perola Byington u referentes ao periodo de agosto de 1994 a dezembro de 2012. Todas as mulheres sob analise tiveram autorizacao para a realizacao do aborto legal. Tomando-se como resposta ter ou nao realizado o aborto consentido e como independentes a variaveis disponiveis no prontuario recorreu-se a analise de regressao logistica multipla para determinar os fatores expressivos para a explicacao da desistencia do abortamento. Resultados: os fatores relacionados a baixa escolaridade, conhecimento do agressor e serem abordadas na residencia do agressor foram significantes para a desistencia do abortamento. Enquanto que as outras variaveis, de forma isolada, nao apresentaram significancia estatistica. No entanto, quando analisadas associacoes das variaveis observou interacoes entre as variaveis religiao com escolaridade e com autor conhecido sendo, portanto, significativas para a desistencia do abortamento. Conclusao: Ter religiao aumenta as chances de nao realizar abortamento quando a escolaridade e superior ao ensino fundamental ou o autor da violencia ser conhecido da vitima

Introduction: The attempt to meet women undergoing abortion has always been an arduous task and from the 80's began to investigate this question, starting the search for these numbers and the profile of these. In Brazil, the law on abortion is among the most restrictive offense under the Criminal Code with penalties for the woman and the doctor who practice it. However, abortion is permitted by law in special situations, including in cases of pregnancy resulting from rape. In some studies found 20% of cases were withdrawn in continuing to interrupt this gestation. There are countless reasons that may lead these women not to perform the abortion, but little is known about the profile of these women. So with this in mind we sought to highlight in this study the profile of women who give up performing abortion after initiate your request. And, identify their characteristics according to the data initially collected from medical records. Objective: Characterize factors associated with the change of decision to perform the abortion of pregnancy resulting from sexual violence. Method: 1236 records were assessed with the Hospital Perola Byington, for the period August 1994 to December 2012. All women under analysis were allowed to perform legal abortion. Taking an answer whether or not abortion consented and performed as independent variables available in the medical record resorted to multiple logistic regression analysis to determine the significant factors to explain the withdrawal of abortion. Results: factors related to low education, knowledge of the perpetrator and be addressed at the residence of the offender were significant for the withdrawal of abortion. While the other variables, in isolation, is not statistically significant. However, when analyzed associations of variables observed interactions between variables with religious education and author known and is therefore significant for the withdrawal of abortion. Conclusion: Have religion increases the chances of not performing abortions when schooling is higher than the school or the author of violence is known to the victim.
Palavra-chave Humanos
Violência Sexual
Estupro
Aborto
Aborto Legal
Gravidez
Sexual violence
Rape
Abortion
Legal abortion
Pregnancy
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em PIMENTEL, Renata Martins. Fatores associados a mudança de decisão em realizar o abortamento de gestação decorrente de violência sexual: Hospital Perola Byington - 1994 a 2012. 2013. 94 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 94 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22762

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13955.pdf
Tamanho: 1.325MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta