Estudo transversal das estratégias de tratamento clínico na fibrilação atrial

Estudo transversal das estratégias de tratamento clínico na fibrilação atrial

Título alternativo Cross-sectional study of treatment strategies on atrial fibrillation
Autor Oliveira, Lucas Hollanda Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Paola, Angelo Amato Vincenzo de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (Cardiologia) – São Paulo
Resumo Fundamento: a despeito de elevada prevalencia e importancia clinica da fibrilacao atrial (FA), nao existem, ate o momento, publicacoes brasileiras informando o perfil clinico e a estrategia de tratamento (controle de ritmo vs controle de frequencia cardiaca) mais utilizada neste universo de pacientes. Objetivos: avaliar a estrategia de tratamento mais empregada na FA em ambulatorio especializado no manejo desta doenca. Secundariamente, procurouse descrever o perfil clinico desta populacao. Pacientes e Metodos: estudo transversal que avaliou sequencialmente, em 167 portadores de FA, a estrategia de tratamento mais empregada, bem como o perfil clinico destes pacientes. Foi utilizado questionario padronizado para coleta de dados e a analise estatistica foi realizada atraves do software SPSS®, versao 13.0. Resultados: nesta populacao de alto risco para eventos tromboembolicos (61% com score CHADS2 &#8805;2), em que 54% dos individuos apresentavam FA paroxistica ou persistente, 96,6% utilizavam antagonistas da vitamina K ou AAS e 76,6% faziam uso de betabloqueador (81,2% frequencia x 58,8% ritmo, p<0,05), a estrategia de controle da frequencia foi a mais empregada (79,5% x 20,5%; p<0,001). Houve uma tendencia estatistica a maior agrupamento de pacientes com disfuncao ventricular (15,2% x 2,9%; p=0,06), CHADS2 &#8805;2 (60,5% x 39,5%; p=0,07) e valvopatias (25,8% x 11,8%; p=0,08) no grupo em controle da frequencia. Conclusao: nesta populacao de alto risco para eventos tromboembolicos, a estrategia de controle de frequencia cardiaca foi a mais empregada
Palavra-chave Humanos
Frequência Cardíaca
Efeitos Fisiológicos de Drogas
Fibrilação Atrial
Epidemiologia
Antiarrítmicos
Humanos
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2013
Publicado em OLIVEIRA, Lucas Hollanda. Estudo transversal das estratégias de tratamento clínico na fibrilação atrial. 2013. 114 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 87 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22749

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13942.pdf
Tamanho: 7.438MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta