Avaliação por microdiálise do efeito da ingestão de óleo de peixe sobre o teor de glicose no córtex pré-frontal de ratos

Avaliação por microdiálise do efeito da ingestão de óleo de peixe sobre o teor de glicose no córtex pré-frontal de ratos

Título alternativo Effect of fish oil intake on glucose levels in rat prefrontal cortex, as measured by microdialysis
Autor Sousa, Isy Faria de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ribeiro, Eliane Beraldi Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Nutrição – São Paulo
Resumo A deteccao da glicose por neuronios do SNC contribui para a regulacao da homeostase energetica e do metabolismo. O cortex pre-frontal (PFC) participa do componente hedonico do controle da inGestão alimentar. Como o consumo de dietas hiperlipidicas pode prejudicar o balanco energetico, avaliamos neste estudo se o consumo de dieta enriquecida com oleo de peixe (fonte de acidos graxos poliinsaturados n-3) altera o teor extracelular de glicose no PFC bem como a resposta alimentar desencadeada pela injecao intracerebroventricular (i.c.v.) de glicose ou glicoprivacao no PFC. Apos 2 meses recebendo dieta controle ou hiperlipidica, ratos Wistar machos foram implantados com probe de microdialise no PFC. Coletaram-se 3 amostras basais de microdialisato e alimento foi oferecido por 30 min.; entao 8 amostras subsequentes foram coletadas. Outros grupos de animais controle e peixe foram implantados com duas canulas-guias, uma no PFC e outra no ventriculo cerebral lateral (VL). Injetou-se glicose (20 μg) i.c.v. ou veiculo e, 30 minutos depois, 2-desoxi-D-glicose (2-DG; 100 μg) ou veiculo no PFC. A inGestão de alimento foi medida apos 2, 12 e 24 horas. O peso corporal e dos depositos de gordura, assim como a insulinemia de jejum nao foram afetadas pela inGestão cronica de dieta hiperlipidica; no entanto houve elevacao da glicemia no grupo peixe. Os niveis basais de glicose nos microdialisatos do PFC foram similares entre os animais controles (207 ± 37 ng/10μl) e peixe (149 ± 26 ng/10 μl, p = 0.25), assim como a inGestão durante 30 minutos no experimento de microdialise (controle: 2.82 ± 0.37g; peixe: 3.20 ± 0.68g). A inGestão de alimento promoveu elevacao significante nos niveis de glicose no PFC, variando entre 26 a 34% acima dos valores basais no grupo controle e entre 36 a 64% no grupo peixe. O aumento foi mais proeminente e precoce nos animais alimentados com dieta peixe. A glicose injetada i.c.v. bem como a glicoprivacao no PFC inibiram a inGestão alimentar nos animais controle, mas nao nos animais do grupo peixe. Resumidamente, nossos resultados mostram que, apos a inGestão de alimento, maior quantidade de glicose alcanca o PFC de ratos alimentados com dieta hiperlipidica enriquecida com oleo de peixe. No entanto, quando administrada diretamente no VL, a glicose inibiu a inGestão apenas nos animais controles, assim como a glicoprivacao no PFC. Esses resultados indicam que, apesar do transporte de glicose para o SNC estar elevado no grupo peixe, um defeito na sinalizacao da glicose pode ser um disturbio relevante induzido pela inGestão cronica de dieta hiperlipidica enriquecida com oleo de peixe
Assunto Animais
Córtex Pré-Frontal
Dieta Hiperlipídica
Glucose
Microdiálise
Óleos de Peixe
Ratos
Animais
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data 2013
Publicado em SOUSA, Isy Faria de. Avaliação por microdiálise do efeito da ingestão de óleo de peixe sobre o teor de glicose no córtex pré-frontal de ratos. 2013. 68 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 68 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22746

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-13939.pdf
Tamanho: 735.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)