Avaliacao das caracteristicas biologicas e biomecanicas da matriz descelularizada de glande humana

Avaliacao das caracteristicas biologicas e biomecanicas da matriz descelularizada de glande humana

Título alternativo Evaluation of biological and biomechanical characteristics of decellularized matrix of human glans
Autor Egydio, Fernanda de Mattos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a integracao de celulas-tronco mesenquimais nao autologas a matrizes descelularizadas de glande humana apos observar se o processo de descelularizacao da glande altera suas caracteristicas biologicas e biomecanicas. Metodos: Amostras de matrizes de glande de penis de doadores de tecidos para transplante foram submetidas a um processo de descelularizacao utilizando solucao de Triton X-100 a 1% com hidroxido de amonio a 0,1% a 4°C, para remocao dos fosfolipidios da membrana plasmatica. Fragmentos da glande descelularizada foram fixados por imersao em formol tamponado a 10% e embebidos em parafina. Foram realizados cortes de 5μm, corados com Hematoxilina-Eosina (HE), e analisados para comprovar a completa acelularidade da matriz descelularizada. A matriz extracelular da glande foi avaliada apos o processo de descelularizacao, analisando a preservacao das fibras colagenas (colageno tipo I) e do arcabouco das fibras musculares, pela coloracao de Tricromico de Masson, e do colageno tipo III e das fibras elasticas, pela coloracao de Verhoff-Van Gieson. As matrizes foram cortadas sob camara de fluxo laminar em fragmentos medindo 0,25 cm2 para semeadura de celulas-tronco mesenquimais, e 0,75 cm2 para realizacao dos testes biomecanicos. Os testes de citotoxicidade foram realizados para detectar o potencial de producao de efeitos letais as celulas 3T3. Utilizouse o teste por contato direto em que uma determinada quantidade do material e colocada diretamente sobre uma monocamada subconfluente de fibroblastos de derme de camundongo 3T3, previamente semeadas em placas de 96 pocos, na densidade de 1x103 celulas por poco e recobertas por meio de cultura. Para a avaliacao da biocompatibilidade das matrizes descelularizadas de glande foram realizados os seguintes testes: Atividade Metabolica da Mitocondria, Atividade Lisossomal, e quantificacao do material genetico. Antes de iniciar os testes, as placas de 96 pocos foram incubadas durante 24 horas com meio de cultura DMEM suplementado a 1% de SBF. Foram realizados testes de biocompatibilidade para avaliacao das interacoes citotoxicas e nao citotoxicas das matrizes com as celulas 3T3 nos intervalos de tempo de 24, 48 e 72 horas. As matrizes de glande foram semeadas com celulas-tronco mesenquimais obtidas de ratos Wistar, e mantidas em cultura durante 7, 14 e 28 dias. Apos os periodos de cultivo as matrizes de glande semeadas foram avaliadas em relacao a integracao e viabilidade das celulas-tronco mesenquimais as matrizes de glande. Testes biomecanicos no tecido nativo, matriz descelularizada e celularizada com celulastronco mesenquimais foram realizados para a caracterizacao de suas propriedades biomecanicas. Resultados: Houve a preservacao da arquitetura tecidual da matriz de glande descelularizada, assim como a manutencao de suas propriedades biologicas e biomecanicas. As analises das matrizes de glande semeadas com celulas-tronco mesenquimais da medula ossea de ratos revelaram a integracao destas celulas as matrizes, e sua viabilidade oin vitroo por duas semanas. Conclusao: Matrizes extracelulares obtidas de glande de cadaveres humanos foram capazes de manter suas propriedades biologicas e biomecanicas, e quando semeadas com celulas-tronco mesenquimais obtidas da medula ossea de ratos mantiveram sua vitalidade oin vitroo durante 14 dias
Palavra-chave Animais
Engenharia Tecidual
Doenças do Pênis
Matriz Extracelular
Células-Tronco
Ratos Wistar
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 96 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 96 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22744

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta