Aptidao fisica e estado nutricional dos indigenas Khisedje, Parque Indigena do Xingu

Mostrar registro simples

dc.contributor.author Tsutsui, Mario Luiz da Silva [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:46:08Z
dc.date.available 2015-12-06T23:46:08Z
dc.date.issued 2013
dc.identifier.citation São Paulo: [s.n.], 2013. 85 p.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22725
dc.description.abstract O objetivo dessa investigacao foi verificar a existencia de associacao entre aptidao fisica, atividade fisica (AF) e o estado nutricional dos indigenas Khisedje que vivem no Parque indigena do Xingu, de ambos os sexos e com idade &#8805; 20 anos. Para tal, em estudo transversal cuja coleta de dados se deu nos anos de 2010 e 2011, obtiveram-se informacoes relativas a variaveis demograficas (sexo e idade), aptidao fisica (capacidade cardiorrespiratoria (CC), forca, resistencia muscular (RM) e flexibilidade), atividade fisica (contador de passos u pedometro) e estado nutricional (indice de massa corpora (IMC) e perimetro de cintura (PC). Participaram do estudo 166 indigenas (87,4% do total de sujeitos elegiveis). A existencia relacao entre as variaveis de interesse foi avaliada pela estatistica qui-quadrado (variaveis categoricas) ou pelo teste t de Student (variaveis quantitativas). Foram consideradas como estatisticamente significantes aquelas relacoes cujo valor de p foi < 0,05. Entre os participantes, 40% era do sexo feminino (n=66). A media de idade foi de 38,4 anos (desvio padrao = 14,6 anos). Em relacao a aptidao fisica, observou-se que a maior parte dos indigenas apresentou bom desempenho em praticamente todos os testes com excecao do teste de forca, onde apenas 1% dos participantes apresentou desempenho bom. Entre aqueles que participaram da avaliacao de AF com o pedometro, 67,15% foram classificados como muito ativos ou plenamente ativos. A prevalencia de sobrepeso ou obesidade foi de 50,0%, enquanto que a de obesidade central (OC) foi de 39,2%. Entre as variaveis indicativas do grau de aptidao fisica, apenas a CC associou-se significativamente ao IMC (p = 0,014), enquanto que a presenca de OC associou-se com as variaveis de CC (p < 0,001), teste de flexibilidade (p=0,034), teste de RM de tronco (p=0,036) e com o numero medio de passos/dia (p = 0,005). Esses resultados indicam que apesar da alta prevalencia de excesso de peso e de obesidade central observada entre os Khisedje, esses individuos possuem bons niveis de aptidao fisica e AF. A ausencia de associacao da AF e da maioria das variaveis de aptidao fisica com o estado nutricional explicause, pelo menos em parte, pela rotina diaria que impoe aos Khisedje, para sua subsistencia (agricultura, caca e pesca, por exemplo), um estilo de vida ativo pt
dc.format.extent 85 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject Aptidão Física pt
dc.subject Atividade Motora pt
dc.subject Estado Nutricional pt
dc.subject População Indígena pt
dc.subject Saúde de Populações Indígenas pt
dc.subject Índios Sul-Americanos pt
dc.title Aptidao fisica e estado nutricional dos indigenas Khisedje, Parque Indigena do Xingu pt
dc.title.alternative Physical fitness and nutritional status of indigenous Khisedje, Xingu Indigenous Park en
dc.type Dissertação de mestrado
dc.identifier.file epm-3082110512498.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus Universidade Federal de São Paulo, Escola Paulista de Medicina, Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva pt



Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples