Efetividade do treinamento sensório-motor em pacientes portadores de Artrite Reumatóide: um ensaio clínico controlado randomizado

Efetividade do treinamento sensório-motor em pacientes portadores de Artrite Reumatóide: um ensaio clínico controlado randomizado

Título alternativo Effectiveness of Sensorimotor Training in Patients with Rheumatoid Arthritis u a randomised controlled trial
Autor Silva, Kelson Nonato Gomes da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Trevisani, Virgínia Fernandes Moça Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O termo sensorio-motor foi adotado para descrever a integracao sensorial e motora, e componentes de processamento envolvidos na manutencao da estabilidade articular durante os movimentos corporais. O objetivo desse estudo foi avaliar a efetividade do treinamento sensorio-motor em pacientes portadores de artrite reumatoide na melhora da capacidade funcional e qualidade de vida, um ensaio clinico controlado randomizado, cego, prospectivo. Foram selecionados cento e dois participantes com artrite reumatoide de acordo com os criterios do Colegio Americano de Reumatologia (ACR 1987). Apos avaliacao inicial, os participantes foram randomizados para dois grupos diferentes: grupo sensorio-motor (2 sessoes por semana, 30u50 min, alem de continuar usando os mesmos medicamentos que o grupo controle) e grupo controle (o grupo controle foi submetido apenas ao tratamento clinico medicamentoso com Metotrexato e/ou Leflunomida e Prednisona (5 mg) se necessario, sendo avaliados apos 4 meses). Os questionarios e testes utilizados para avaliar foram: Capacidade funcional ((Health Assessment Questionnaire (HAQ) e Teste de Timed Up and Go (TUG)), equilibrio e marcha (Escala de Equilibrio de Berg (EEB) and Teste de Tinneti), dor (Escala Analogo Visual (EAV)) e qualidade de vida (Short Form Health Survey - SF-36). Noventa e um pacientes concluiram o estudo, foi encontrada melhora estatisticamente significante em todas as variaveis analisadas: HAQ (p < 0,01), TUG (p < 0,01), EEB (p < 0,01), Teste de Tinneti (p < 0,01) e melhora nas sub-escalas do SF-36 (p < 0,01) no grupo sensorio-motor em relacao a avaliacao inicial e ao grupo controle. Nao houve diferenca significante em relacao a avaliacao pre e pos no grupo controle. Portanto, o treinamento sensorio-motor e efetivo na melhora da capacidade funcional, dor e qualidade de vida de pacientes portadores de artrite reumatoide
Palavra-chave Humanos
Modalidades de Fisioterapia
Artrite Reumatoide
Terapia por Exercício
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 113 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 113 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22705

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta