Efetividade do treinamento sensório-motor em pacientes portadores de Artrite Reumatóide: um ensaio clínico controlado randomizado

Efetividade do treinamento sensório-motor em pacientes portadores de Artrite Reumatóide: um ensaio clínico controlado randomizado

Título alternativo Effectiveness of Sensorimotor Training in Patients with Rheumatoid Arthritis u a randomised controlled trial
Autor Silva, Kelson Nonato Gomes da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Trevisani, Virgínia Fernandes Moça Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O termo sensorio-motor foi adotado para descrever a integracao sensorial e motora, e componentes de processamento envolvidos na manutencao da estabilidade articular durante os movimentos corporais. O objetivo desse estudo foi avaliar a efetividade do treinamento sensorio-motor em pacientes portadores de artrite reumatoide na melhora da capacidade funcional e qualidade de vida, um ensaio clinico controlado randomizado, cego, prospectivo. Foram selecionados cento e dois participantes com artrite reumatoide de acordo com os criterios do Colegio Americano de Reumatologia (ACR 1987). Apos avaliacao inicial, os participantes foram randomizados para dois grupos diferentes: grupo sensorio-motor (2 sessoes por semana, 30u50 min, alem de continuar usando os mesmos medicamentos que o grupo controle) e grupo controle (o grupo controle foi submetido apenas ao tratamento clinico medicamentoso com Metotrexato e/ou Leflunomida e Prednisona (5 mg) se necessario, sendo avaliados apos 4 meses). Os questionarios e testes utilizados para avaliar foram: Capacidade funcional ((Health Assessment Questionnaire (HAQ) e Teste de Timed Up and Go (TUG)), equilibrio e marcha (Escala de Equilibrio de Berg (EEB) and Teste de Tinneti), dor (Escala Analogo Visual (EAV)) e qualidade de vida (Short Form Health Survey - SF-36). Noventa e um pacientes concluiram o estudo, foi encontrada melhora estatisticamente significante em todas as variaveis analisadas: HAQ (p < 0,01), TUG (p < 0,01), EEB (p < 0,01), Teste de Tinneti (p < 0,01) e melhora nas sub-escalas do SF-36 (p < 0,01) no grupo sensorio-motor em relacao a avaliacao inicial e ao grupo controle. Nao houve diferenca significante em relacao a avaliacao pre e pos no grupo controle. Portanto, o treinamento sensorio-motor e efetivo na melhora da capacidade funcional, dor e qualidade de vida de pacientes portadores de artrite reumatoide
Assunto Humanos
Modalidades de Fisioterapia
Artrite Reumatoide
Terapia por Exercício
Ensaio Clínico Controlado Aleatório
Idioma Português
Data 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 113 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 113 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22705

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)