Perfil de vitaminas lipossolúveis em crianças e adolescentes com fibrose cística

Perfil de vitaminas lipossolúveis em crianças e adolescentes com fibrose cística

Título alternativo Fat-soluble vitamins in patients with cystic fibrosis
Autor Mauri, Juliana Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Oliveira, Fernanda Luisa Ceragioli Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A Fibrose Cistica (FC) consiste em doenca cronica que acarreta exacerbacoes pulmonares e ma absorcao de gorduras, contribuindo para o comprometimento do estado nutricional de vitaminas lipossoluveis. Objetivo: Avaliar o perfil de vitaminas lipossoluveis em pacientes com FC atendidos em ambulatorio de referencia. Metodo: Criancas e adolescentes atendidos em centro de referencia. Realizou-se avaliacao de dados demograficos (sexo, idade, idade diagnostico), clinicos (escore de Shwachman, presenca de colonizacao pulmonar), consumo alimentar, estado nutricional, dosagem bioquimica de vitamina A, D, E e K. Resultados: Os pacientes tinham mediana e intervalos interquartis de idade de 12 anos (6;15), 52% do sexo masculino, com estado nutricional e estatura adequados em 81,5% e 87% respectivamente. Apesar do escore de Shwachman apresentar excelente e bom em 33,6% dos pacientes, houve colonizacao bacteriana em 81,5% dos casos e insufiCiência pancreatica 72,2%. Detectou-se alteracao da dosagem vitaminica em 24,1, 25,9 e 31,5% das vitaminas A, D e E, respectivamente. Houve defiCiência bioquimica em 11,1% na vitamina A, 9,2% nas vitaminas D e E e nenhum dos pacientes na vitamina K. Quando estudado o consumo diario destas vitaminas e a utilizacao de suplemento alimentar e vitaminico identificou adequacao dietetica. Em relacao as variaveis utilizacao de algum tipo de suplemento e consumo dietetico inadequado de vitamina D e E (EAR e Consenso de FC), observou que a maioria destes pacientes apresentaram dosagem bioquimica alterada (p < 0,05). Observou-se associacao entre o consumo de lipideos e dosagem alterada de vitamina A (p=0,00), assim como o consumo dietetico de vitamina A (p=0,02) e E (p=0,04) com suas respectivas dosagens bioquimicas. Conclusao: A maioria dos pacientes estudados apresentaram dosagem bioquimica adequada de vitamina A, D, E e K. Apesar de seguir as recomendacoes de terapia nutricional da FC, utilizando-se suplementacao alimentar e vitaminica, observou-se cerca de 25% dos pacientes com alteracao bioquimicas das vitaminas lipossoluveis e cerca de 10% de defiCiência destas vitaminas
Palavra-chave Humanos
Criança
Adolescente
Fibrose cística
Vitaminas lipossolúveis
Hábitos alimentares
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 135 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 135 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22679

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta