Avaliação da efetividade do tratamento da articulação temporomandibular (ATM) com deslocamento do disco sem redução (DDSR)

Avaliação da efetividade do tratamento da articulação temporomandibular (ATM) com deslocamento do disco sem redução (DDSR)

Título alternativo Evaluation of effectiveness of treatment of temporomandibular joint (TMJ) with disc displacement without reduction (DDWR): systematic review
Autor Januzzi, Eduardo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Melnik, Tamara Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Contexto: ate o presente momento nao existe consenso se o tratamento paliativo combinado com anti-inflamatorios para o tratamento da dor da articulacao temporomandibular com deslocamento do disco sem reducao e uma alternativa segura e efetiva para o controle desta condicao antes de se tentar os procedimentos invasivos. Objetivo: avaliar a efetividade e seguranca do tratamento paliativo combinado com o uso de anti-inflamatorios na diminuicao da frequencia e intensidade das crises de dor da ATM com deslocamento do disco sem reducao agudo ou cronico. Tipo de estudo: revisao sistematica de ensaios clinicos randomizados e quase randomizados com metanalises. Estrategia de busca: As seguintes bases de dados foram pesquisadas: Pubmed, CENTRAL, Embase, Lilacs e Cochrane Library. A data da ultima busca foi 14 de julho de 2012. Criterio para a selecao dos estudos: foram incluidos ensaios clinicos que avaliaram tratamento paliativo combinado com anti-inflamatorio no alivio da dor articular. Analise e coleta de dados: dois revisores selecionaram independentemente os estudos relevantes, avaliaram a qualidade metodologica e extrairam os dados dos estudos. Resultados: foram incluidos dois ensaios clinicos que avaliaram um total de 175 participantes. Um dos estudos comparou as seguintes intervencoes: (a) tratamento medico, (b) reabilitacao, (c) cirurgia artroscopica com reabilitacao pos-operatoria ou, (d) artroplastia com reabilitacao pos-operatoria. O segundo estudo alocou os participantes para tres grupos experimentais: (a) uso de antiinflamatorios nao esteroides e instrucoes de autocuidado; (b) anti-inflamatorios nao esteroides, instrucoes de autocuidado, aparelho oclusal e terapia de mobilizacao e grupo 3, nao recebeu tratamento. Nao houve diferenca estatisticamente significante em relacao aos seguintes desfechos: intensidade, frequencia e duracao das crises de dor da ATM e funcao mandibular. Houve diferenca estatisticamente significante a favor dos participantes recebendo reabilitacao e artroplastia referente ao numero de analgesicos mais de uma vez por semana quando comparado aos pacientes dos grupos de tratamento medico e cirurgia artroscopica: Reabilitacao versus tratamento medico: (RR 6.38 [IC 95% 1.65, 24.63]); artroplastia versus tratamento medico: (RR 11.54 [IC 95% 1.67, 79.54]); reabilitacao versus cirurgia artroscopica: (RR 0.23 [IC 95% 0.06, 0.95]); artroplastia versus cirurgia artroscopica: (RR 7.77 [IC 95% 1.08, 55.89]). Conclusao: nao ha evidencias suficientes na literatura para determinar a efetividade e seguranca do tratamento paliativo associado aos anti-inflamatorios na diminuicao da frequencia e intensidade das crises de dor da ATM com deslocamento do disco sem reducao agudo ou cronico
Palavra-chave Humanos
Cuidados paliativos
Anti-inflamatórios
Articulação temporomandibular
Revisão
Ensaios clínicos controlados aleatórios como assunto
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 120 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 120 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22669

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta