Estudo do polimorfismo do gene FCGR3B em pacientes com lupus eritematoso sistemico em uma amostra da populacao brasileira

Estudo do polimorfismo do gene FCGR3B em pacientes com lupus eritematoso sistemico em uma amostra da populacao brasileira

Título alternativo FCGR3B gene polymorphism in systemic lupus erythematosus patients in Brazil
Autor Santos, Viviane Cardoso dos Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução/objetivo: Polimorfismos de alguns receptores para a porcao Fc da imunoglobulina G podem apresentar associacao com doencas autoimunes como, por exemplo, lupus eritematoso sistemico (LES). O objetivo do presente trabalho e avaliar a prevalencia dos polimorfismos HNA-1a, HNA-1b e HNA-1c do gene que codifica o receptor Fc&#947;RIIIb (FCGR3B) em pacientes com LES em comparacao com controles saudaveis e a possivel correlacao dos polimorfismos encontrados com dados clinicos dos pacientes. Material e metodo: Foi obtida uma amostra de sangue periferico de 303 pacientes com LES atendidos no ambulatorio de Reumatologia da UNIFESP e 300 individuos saudaveis, doadores de sangue. A regiao de interesse do exon 3 do gene FCGR3B, que contem os polimorfismos descritos (posicoes 141, 147, 227, 266 e 277), foi sequenciada. Resultados: Nesse estudo foram encontradas as tres formas alelicas do Fc&#947;RIIIb, HNA-1a, HNA-1b e HNA-1c. O alelo HNA-1a foi encontrado em maior porcentagem no grupo LES e o alelo HNA-1b foi encontrado em maior porcentagem no grupo controle p=0,001). Nao houve diferenca na distribuicao do alelo HNA-1c nos dois grupos. No grupo LES os genotipos HNA-1a/1a e HNA-1a/1b foram mais prevalentes (p=0,02) enquanto o genotipo HNA-1b/1b foi significativamente mais frequente no grupo controle (p<0,001). O alelo HNA-1c nao foi encontrado em homozigose na populacao em estudo. Conclusoes: Em nosso estudo o alelo HNA-1a e os genotipos HNA-1a/1a e HNA-1a/1b mostraram associacao com LES. Nao encontramos nenhuma associacao entre genotipos e manifestacoes clinicas, laboratoriais, presenca de autoanticorpos individuais ou indice de dano medido pelo SLICC-DI
Palavra-chave Humanos
Polimorfismo Genético
Frequência do Gene
Lúpus Eritematoso Sistêmico
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 110 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 110 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22668

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta