Modulação circadiana dos efeitos da privação alimentar nos parâmetros metabólicos em ratos privados de sono paradoxal.

Modulação circadiana dos efeitos da privação alimentar nos parâmetros metabólicos em ratos privados de sono paradoxal.

Título alternativo Circadian modulation of the effects of food deprivation on metabolic parameters in paradoxal sleep deprived rats
Autor Moraes, Danilo Alves de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Suchecki, Deborah Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo Estudos mostram que a populacao vem diminuindo o seu tempo de sono e que essa reducao, acompanhada por um maior consumo alimentar, pode aumentar o risco para o desenvolvimento de obesidade, diabetes mellitus do tipo II e doencas cardiovasculares. Ratos submetidos a privacao de sono paradoxal (PSP) tambem apresentam um aumento no consumo alimentar, porem com reducao do peso corporal. No entanto, esse aumento do consumo ocorre durante a fase clara, sugerindo que a PSP possa alterar o ritmo circadiano dos animais. Dessa forma, este trabalho teve por objetivo avaliar o curso temporal das alteracoes metabolicas referentes ao consumo alimentar (nas fases clara e escura do ritmo circadiano), variacao de peso corporal e concentracoes sanguineas de glicose, insulina e leptina, durante quatro dias de PSP pelo metodo da plataforma unica; e investigar os efeitos das fases do ritmo circadiano (clara/escura), por meio da privacao alimentar, sobre os mesmos parametros metabolicos, durante a PSP. Para a privacao alimentar, a racao foi retirada, diariamente, das 07:00 h as 19:00 h (privacao alimentar na fase clara) ou das 19:00 h as 07:00 h (privacao alimentar na fase escura), sendo recolocada nas 12 h seguintes. Em relacao ao consumo alimentar, confirmou-se um aumento, apenas na fase clara, dos animais submetidos a PSP quando comparados com o grupo controle. A associacao da PSP com a privacao alimentar na fase clara aumentou o consumo alimentar na fase escura, porem, nao alterou o consumo total em comparacao aos animais apenas privados de sono. Entretanto, o consumo desses animais tambem nao e diferente daqueles apenas privados de alimento na fase clara, mostrando um papel relevante desta fase durante a PSP. Quando a privacao de alimento foi realizada na fase escura, observou-se um aumento do consumo alimentar na fase clara, independente da privacao de sono, uma vez que os animais deixaram de ter acesso a comida em seu periodo habitual. Apesar desse aumento, os animais PSP e privados de alimento na fase escura (PPE) nao conseguiram atingir valores semelhantes de consumo total em comparacao com animais apenas privados de sono, sugerindo uma incapacidade de habituacao decorrente da PSP. A PSP promoveu perda de peso corporal em todos os grupos, principalmente no primeiro dia; no entanto, essa perda foi maior no grupo PPE, possivelmente devido a sua defiCiência no consumo alimentar. Em relacao ao curso temporal das concentracoes plasmaticas de glicose, insulina e leptina, nao foram encontradas diferencas na glicemia, por outro lado, verificou uma relacao inversa entre o tempo de PSP e as concentracoes de insulina e leptina. Por fim, a associacao da PSP com a privacao alimentar provocou reducao das concentracoes plasmaticas de glicose, insulina e leptina, e novamente o grupo PPE apresentou valores inferiores, reforcando a ideia de que a privacao alimentar na fase escura possa potencializar os efeitos causados pela PSP. Nossos resultados sugerem que durante a PSP o consumo na fase clara seja significante para os animais e que as consequencias metabolicas da privacao de sono sao exacerbadas durante a privacao de alimento na fase escura
Palavra-chave Animais
Privação do Sono
Privação de Alimentos
Ritmo Circadiano
Metabolismo
Consumo de Alimentos
Ratos
Animais
Idioma Português
Financiador Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia (AFIP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2013
Publicado em MORAES, Danilo Alves de. Modulação circadiana dos efeitos da privação alimentar nos parâmetros metabólicos em ratos privados de sono paradoxal. 2013. 77 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 77 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22648

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13841.pdf
Tamanho: 1.758MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta