Influência do hipocampo na expressão de CREB e PCREB nos núcleos da amígdala após condicionamento de medo ao contexto

Influência do hipocampo na expressão de CREB e PCREB nos núcleos da amígdala após condicionamento de medo ao contexto

Título alternativo Effect of hippocampal NMDA receptor blockade by AP5 in the CREB phosphorylation ratio in amygdala nuclei after contextual fear conditioning learning
Autor Coelho, Cesar Augusto de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Oliveira, Maria Gabriela Menezes de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo O condicionamento de medo e um dos modelos animais de memoria emocional mais utilizados atualmente para se estudar mecanismos subjacentes aos processos mnemonicos. Neste modelo um pareamento de um estimulo neutro com um estimulo aversivo torna o primeiro preditor do segundo e, por sua vez, adquire caracteristicas aversivas tambem. Muitas evidencias tem mostrado uma participacao critica da amigdala nesse modelo, mais especificamente, seus nucleos lateral, basal e central. Na versao contextual do condicionamento de medo, no qual o ambiente e o estimulo neutro inicial, tem-se mostrado tambem um envolvimento do hipocampo, que geralmente esta envolvimento com memoria espacial. Recentes evidencias sugerem que, nesta tarefa, hipocampo e amigdala interagem, influenciando processos de plasticidade sinaptica um do outro, influenciando a expressao de genes de expressao imediata. Neste estudo, nos injetamos o antagonista do receptor NMDA, AP5, no hipocampo dorsal de ratos wistar logo antes do condicionamento de medo ao contexto. Apos o condicionamento, metade dos animais foi testada 48 horas depois e metade foi submetida a um processo de perfusao e processamento imunohistoquimico para CREB e pCREB. Nossos resultados mostraram que o condicionamento de medo o contexto aumenta a taxa de pCREB de maneira especifica ao aprendizado associativo, e que o bloqueio de receptores NMDA do hipocampo por AP5 nao so diminui o comportamento de medo dos animais como tambem diminui a taxa de pCREB nos nucleos lateral, basal e central da amigdala. Nossos resultados sugerem que a atividade dos receptores NMDA hipocampais influencia a inducao de plasticidade sinaptica na amigdala apos o condicionamento de medo ao contexto
Palavra-chave Animais
Memória
Tonsila do Cerebelo
Hipocampo
N-Metilaspartato
Proteína de Ligação a CREB
Medo
Animais
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia (AFIP)
Data de publicação 2012
Publicado em COELHO, Cesar Augusto de Oliveira. Influência do hipocampo na expressão de CREB e PCREB nos núcleos da amígdala após condicionamento de medo ao contexto. 2012. 77 f. Dissertação (Mestrado) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2012.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 77 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22646

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13839.pdf
Tamanho: 1.477MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta