Avaliacao da hipertrofia de tonsila faringea empregando o raio-X simples de cavum e a telerradiografia lateral

Avaliacao da hipertrofia de tonsila faringea empregando o raio-X simples de cavum e a telerradiografia lateral

Título alternativo Adenoid evaluation according to cavum x-ray and cephalometric examinations: correlation to videonasopharyngoscopy
Autor Feres, Murilo Fernando Neuppmann Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Esta serie de pesquisas teve como objetivo geral avaliar a utilidade de exames radiograficos cranianos laterais, sejam estes a telerradiografia lateral ortodontica, ou o raio-X simples de cavum, na avaliacao da hipertrofia de tonsila faringea. Metodos: Criancas de 4 a 14 anos, de ambos os generos, apresentando queixas de obstrucao nasal ou respiracao oral com suspeita de hipertrofia de tonsila faringea foram submetidas a ambos os exames radiograficos. Ao todo, registros radiograficos de cento e vinte sujeitos (n=120) foram avaliados de acordo com diversos metodos de afericao, sejam estes quantitativos ou categoricos. Na mesma ocasiao, os sujeitos realizaram o exame de videonasofaringoscopia, considerado como padrao-ouro, tendo em vista a porcentagem de obstrucao coanal provocada pelo tecido da tonsila faringea. As variaveis radiograficas foram inicialmente avaliadas em relacao a sua reprodutibilidade intra e interexaminadores. Para isso, um terco da amostra inicial teve suas radiografias avaliadas em momentos distintos e por observadores independentes. Posteriormente a analise referida, os instrumentos radiograficos efetivamente reprodutiveis foram entao testados quanto a sua acuracia em toda a amostra. Para isso, os sistemas classificatorios tiveram suas categorias comparadas entre si em relacao a porcentagem de obstrucao coanal verificada em videonasofaringoscopia. Alem disso, estes mesmos instrumentos foram avaliados conforme suas taxas de sensibilidade e especificidade, tendo como referencias pontos de corte de 66,67% e 75,00% de obstrucao coanal vista em videonasofaringoscopia. Os parametros quantitativos, por sua vez, tiveram sua acuracia avaliada mediante analises de correlacao com a mesma medida de referencia. Resultados: Todos os metodos quantitativos demonstraram excelente reprodutibilidade intra e interexaminadores. Dos metodos classificatorios, a menor parte apresentou reprodutibilidade inadequada (C-Holmberg, C-Cohen, C-Ysunza). Os instrumentos de categorizacao remanescentes (C-McNamara, C-Fujioka, C-Elwany, C-Wang e C-Kurien), apesar de apresentarem porcentagens de obstrucao coanal significativamente diferentes entre suas classes, demonstraram baixa sensibilidade para identificacao de portadores de obstrucao minima de 66,67% e 75,00%. Alem disso, a maioria dos parametros quantitativos apresentou, embora significativas, correlacoes moderadas em relacao ao padrao-ouro. Diante destas limitacoes, foram desenvolvidos dois modelos matematicos. Um deles (110,119 x A/N), viabilizado a partir de variaveis medidas em radiografias de cavum, demonstrou boa capacidade de predicao do real valor de obstrucao. O segundo (Ad/Nf -1,323 x Pm-ad1), gerado pelas variaveis aferidas em telerradiografias, apresentou semelhante habilidade de predicao, alem de capacidade para identificacao de pacientes portadores de obstrucao minima de 66,67%. Ainda, tendo em vista a utilizacao isolada de parametros designados a avaliacao de radiografias de cavum, foram calculados e sugeridos novos limiares capazes de identificar portadores de obstrucao coanal minima de 66,67% (PA ou A/N) e 75,00% (PA ou OVA). Conclusoes: Os resultados provenientes desta serie de pesquisas verificaram limitacoes em relacao a reprodutibilidade ou a acuracia dos metodos radiograficos atualmente disponiveis. Novos e potencialmente uteis instrumentos foram entao introduzidos. No entanto, pesquisas futuras devem ainda ser empreendidas com os propositos de confirmacao das utilidades sugeridas, e investigacao acerca do proveito destes novos parametros em relacao a escolha por condutas terapeuticas especificas e previsibilidade de prognostico consequente
Palavra-chave Humanos
Criança
Adolescente
Tonsila Faríngea
Circunferência Craniana
Radiografia
Diagnóstico
Humanos
Criança
Adolescente
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 105 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 105 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22626

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta