Estresse percebido em profissionais da atenção primária à Saúde

Estresse percebido em profissionais da atenção primária à Saúde

Título alternativo Perceived stress among primary health care professionals
Autor Leonelli, Luiz Bernardo Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Demarzo, Marcelo Marcos Piva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Saúde Coletiva – São Paulo
Resumo A estrategia Saúde da familia se constitui numa das maiores coberturas populacionais de atencao primaria a Saúde no mundo. Na medida em que delega multiplas e complexas atribuicoes as suas equipes e esperado um risco de estresse aumentado entre os profissionais, o que evidencia a importancia de sua avaliacao nesta populacao. Neste estudo foram avaliados aspectos relacionados ao estresse percebido entre profissionais, especificamente em equipes no bairro de Sapopemba, municipio de São Paulo.Avaliar os niveis de estresse percebido e verificar a associacao dessa variavel com o tipo de equipe a que os profissionais pertencem (definidas no estudo como completas ou incompletas em relacao a presenca ou nao do profissional medico).Estudo transversal com 450 trabalhadores, medicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitarios de Saúde, distribuidos em 60 equipes e 12 unidades de Saúde. Para afericao do estresse percebido foi empregada a Escala de Estresse.Percebido, que se correlaciona de maneira consistente com sintomas como ansiedade, depressao e burnout. Na analise estatistica de associacoes foi utilizado o modelo de regressao hierarquica ou multinivel, estudando-se, alem de aspectos socios demograficos, o impacto das equipes incompletas. Tguwnvcfqu< Em geral, 25% dos respondentes pontuaram niveis iguais ou acima de moderados de estresse percebido, com risco aumentado para sintomas e condicoes clinicas associadas ao estresse. Nao foram identificadas diferencas significantes dos escores entre medicos, enfermeiros e agentes comunitarios de Saúde, mas foi observado que essas categorias agrupadas apresentaram maior pontuacao em relacao aos auxiliares de enfermagem. Foram tambem constatados maiores niveis de estresse percebido em profissionais do genero feminino, entre aqueles com tempo de trabalho na mesma equipe superior a um ano, e naqueles oriundos de unidades de Saúde com equipes incompletas. Encontraram-se niveis menores de estresse percebido entre praticantes de credos religiosos e no estado civil de viuvez. Ha diferencas na percepcao do estresse entre profissionais da estrategia Saúde da familia, quanto maior o numero de equipes incompletas, maior o nivel de estresse percebido. Do ponto de vista da atencao a Saúde, indica-se que a escala de estresse percebido seja um instrumento util no monitoramento dos niveis de estresse em profissionais da atencao primaria a Saúde, podendo contribuir para o aprimoramento das politicas de Saúde do trabalhador no sistema de Saúde brasileiro
Palavra-chave Humanos
Estresse Psicológico
Saúde do Trabalhador
Atenção Primária à Saúde
Estratégia Saúde da Família
Análise Multinível
Humanos
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2013
Publicado em LEONELLI, Luiz Bernardo. Estresse percebido em profissionais da atenção primária à saúde. 2013. 73 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 73 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22623

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13805.pdf
Tamanho: 905.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta