Efeito da hipóxia e da reoxigenação no cálcio intracelular em células mesangiais em cultura

Efeito da hipóxia e da reoxigenação no cálcio intracelular em células mesangiais em cultura

Título alternativo Effect of the hypoxia and the reoxigenation intracellular calcium in mesangial cells in culture: Papers of modulators
Autor Razvickas, Clara Versolato Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Boim, Mirian Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Alteracoes funcionais da celula mesangial podem ter papel relevante na Lesao Renal Aguda (LRA) por isquemia e reperfusao. Neste trabalho avaliamos a resposta de celulas mesangiais imortalizadas (CMI) a hipoxia/reperfusao (H/R) atraves do efeito da angiotensina II (AII) sobre a concentracao de calcio intracelular [Ca+2]i. Os grupos experimentais analisados foram: Hipoxia gasosa (HG,95% N2/5%CO2) por 30 minutos (HG30), HG por 30 minutos e reoxigenacao por 30 minutos (HGR30) ou por 24 horas (HGR24). A [Ca+2]i foi avaliada por espectrofluorimetria (FURA- 2AM), antes e apos a adicao de AII. A H/R induziu aumento significante na concentracao basal de [Ca+2]i. Nas celulas controle a adicao de AII induziu aumento de 97±9% na [Ca+2]i. Essa resposta foi atenuada nos grupos HG30 e HGR30 sendo significante no grupo HGR24. Esses resultados sugerem que a resposta a AII permaneceu relativamente bem preservada na fase inicial da reoxigenacao, porem apresentou-se reduzida apos 24 horas, sugerindo defiCiência na contracao celular, ou ativacao de mecanismos que minimizam os efeitos do AII sobre a elevacao da [Ca+2]i. Avaliamos entao a participacao de substancias vasodiladatoras nessa resposta, incluindo o oxido nitrico (NO), a prostaglandina (PGE2) e dos canais para K+ sensiveis ao ATP (KATP) uma vez que a ativacao dos KATP pela deplecao de ATP intracelular resulta em relaxamento da celula. Os KATP foram inibidos pela administracao de 5μM de glibenclamida. A estimativa da concentracao de NO foi feita no aparelho NO analyzer e a producao de PGE2 por Elisa. A producao de PGE2 nao foi modificada pela H/R. A HG e a reoxigenacao por 30 minutos nao modificaram a producao de NO nas CMI quando comparado as condicoes de normoxia. Entretanto, houve aumento na sintese de NO no grupo HGR24, sugerindo papel do NO na resposta atenuada da CM a AII. A glibenclamida causou elevacao na [Ca+2]i basal indicando que os KATP estao ativos nas CMI. O efeito da AII foi potencializado pela glibenclamida somente no grupo HG, sugerindo que a diminuicao do ATP induziu estimulo ao KATP. Em conclusao, esses resultados sugerem que o modelo de hipoxia/reoxigenacao utilizado neste estudo causou danos subletais as CMI caracterizados por elevacao na [Ca+2]i e reducao na resposta funcional a angiotensina II apos 24 h de reoxigenacao. Os potenciais mediadores destas respostas incluem a ativacao dos KATP durante a hipoxia e o oxido nitrico durante a reoxigenacao
Assunto Células mesangiais
Proteínas sensoras de cálcio intracelular
Anóxia
Óxido nítrico
Idioma Português
Data 2010
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2010. 88 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 88 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22590

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)