Teste de amplificacao do acido nucleico (NAT) para deteccao dos virus HIV-1 no sangue doado

Teste de amplificacao do acido nucleico (NAT) para deteccao dos virus HIV-1 no sangue doado

Título alternativo Nucleic acid amplification test (NAT) for detection of HIV-1 on donated blood: a cost-effectiveness analysis under the Brazilian Health System perspective
Autor Soares, Diogo Penha Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo RESUMO Introdução: A incorporacao do teste de amplificacao dos acidos nucleicos u NAT a triagem do HIV no sangue doado no Sistema Unico de Saúde reduz a janela imunologica quando comparada ao uso do teste Elisa de 3ª geracao. Dessa forma, seria possivel a reducao dos casos de infeccao por HIV e AIDS decorrentes da transfusao sanguinea, o que implicaria na reducao dos gastos publicos com tratamento para a AIDS, disponivel de forma universal e gratuita, alem do impacto social. Objetivo: Identificar se a Introdução do teste NAT no protocolo atual de triagem do HIV-1 no sangue doado no Sistema Unico de Saúde - SUS e custo-efetiva. Metodologia: Foi construido um modelo de Markov a partir do calculo do risco residual de infeccao pos-transfusional, na idade media de 32 anos aos 80 anos, sob a perspectiva do SUS. A cada individuo infectado foi atribuido um fator de anos de vida ajustado pela qualidade u QALY de 0,92. A probabilidade de morte com AIDS e os custos anuais de tratamento foram obtidos do Programa Nacional de DST/AIDS do Ministerio da Saúde. Foram realizadas analises de sensibilidade deterministica e probabilistica, a fim de testar a robustez do modelo frente as incertezas dos paramentros. Resultados: A taxa incremental de custo-efetividade de usar o teste NAT ao inves do teste Elisa de 3ª geracao foi calculada em R$ 666.493,60 por QALY-ganho. A Introdução do teste NAT preveniu 53 casos de infeccoes por ano, ao custo de R$ 3.172.886,83 por caso evitado. Conclusao: A Introdução do teste NAT na triagem do sangue doado no SUS, segundo os parametros adotados, nao e custo-efetiva. Essa relacao tornar-se-ia favoravel se o valor por kit fosse reduzido de R$ 53,40 para R$ 7,61, ou ainda se a disponibilidade para pagar fosse elevada de R$ 54.946,50 para, aproximadamente, R$ 670.000,00. Discussao: Os resultados servem para aconselhar o tomador de decisao quanto a incorporacao de uma tecnologia. Portanto, nao basta a definicao de custo-efetividade desfavoravel ao NAT para determinar que este nao seja incorporado. Ainda, outras estrategias, mais baratas e menos complexas, podem ser adotadas no processo de doacao de sangue para a reducao dos casos de infeccao por HIV apos a transfusao sanguinea
Palavra-chave Análise Custo-Benefício
Sorodiagnóstico da AIDS
Bancos de Sangue
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 62 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 62 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22589

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta