Efeitos aditivos da ventilacao nao invasiva a hiperoxia sobre a oxigenacao cerebral pre frontal durante o exercicio dinamico em pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica moderada a grave

Efeitos aditivos da ventilacao nao invasiva a hiperoxia sobre a oxigenacao cerebral pre frontal durante o exercicio dinamico em pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica moderada a grave

Alternative title Additive effects of noninvasive ventilation to hyperoxia on pre frontal cerebral oxygenation during dinamic exercise in moderate to severe chronic obstructive pulmonary disease
Author Rodrigues, Miguel Koite Autor UNIFESP Google Scholar
Abstract Fundamentacao: Alteracoes (&#916;) na oxigenacao cerebral (COx) durante o exercicio sao moduladas pelo acoplamento dinamico entre a oferta de O2 (fluxo sanguineo cerebral e conteudo arterial de O2) e a sua taxa de utilizacao. A Ventilacao nao-invasiva com pressao positiva (VNI) pode melhorar as respostas hemodinamicas centrais durante o exercicio, melhorando o fluxo sanguineo cerebral e, desta forma, aumentar a COx em pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica (DPOC). Objetivo: investigar os efeitos da VNI (pressao inspiratoria 16 cmH2O e pressao expiratoria final 5 cmH2O) associada a hiperoxia (HiOx, FIO2 = 0,4) contra HiOx isoladamente sobre a COx durante o teste de exercicio incremental maximo em pacientes com DPOC moderada a grave. Metodos: Treze homens com DPOC, levemente hipoxemicos, nao hipercapnicos (VEF1 = 48,8 ± 15,1% previsto) foram randomizados para receber cada intervencao em dias diferentes. A &#916;COx foi determinada continuamente por espectroscopia por raios quasi-infravermelhos (vezes de mudanca na HbO2). A saturacao da oxihemoglobina foi mensurada por oximetria de pulso (SpO2) e o debito cardiaco (DC) por cardiografia por impedancia transtoracica. Resultados: A capacidade maxima de exercicio nao diferiu entre as intervencoes (74 ± 20 W x 78 ± 19 W; p> 0,05). Como esperado, a SpO2 manteve-se estavel e semelhante ao longo dos testes (p> 0,05). VNI-HiOx foi associado a maiores incrementos no &#916;COx em niveis sub-maximos de exercicio em comparacao com HiOx (p <0,05). O DC, em isocarga, foi maior com VNI-HiOx que com a HiOx (2,0 ± 0,5 vs 1,6 ± 0,6 vezes de mudancas, p <0,05). Tal efeito esteve relacionado a maiores variacoes do volume sistolico (1,5 ± 0,4 vs 1,2 ± 0,4 vezes de mudancas, p <0,05). A area sob a curva de &#916; (VNI-HiOx-HiOX) COx foi significativamente (p <0,01) correlacionada com &#916;DC (r = 0,82), &#916; frequencia cardiaca (r = 0,95) e &#916; volume sistolico (r = 0,87) durante HiOx. Conclusoes: A VNI proporciona efeito aditivo a HiOx nos incrementos da oxigenacao cerebral pre-frontal durante o exercicio incremental maximo em pacientes com DPOC. Tal achado relacionou-se com a melhora das respostas hemodinamicas centrais, sugerindo que o debito cardiaco possa ter papel modulador sobre o fluxo sanguineo cerebral. Tais efeitos positivos da VNI, entretanto, parecem nao ser decisivos para melhorar a capacidade de exercicio nesta populacao de pacientes
Keywords Exercício
Pulmão/fisiologia
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Oxigenação
Ventilação Não Invasiva
Espectroscopia de Luz Próxima ao Infravermelho
Language Portuguese
Date 2012
Published in São Paulo: [s.n.], 2012. 95 p.
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 95 p.
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22559

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account