Habilidades subjacentes preditoras da compreensao leitora em escolares do Ciclo I e II do Ensino Fundamental

Habilidades subjacentes preditoras da compreensao leitora em escolares do Ciclo I e II do Ensino Fundamental

Título alternativo Predictor underlying skills of reading comprehension in students of Cycles I and II of Elementary School
Autor Chang, Eliane Mi Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo OBJETIVO: Caracterizar o desempenho de escolares, com e sem queixa de leitura, em tarefas de compreensao e de habilidades subjacentes a leitura, investigar correlacoes entre essas variaveis e qual variavel e a melhor preditora da compreensao de leitura ao final de cada ciclo do Ensino Fundamental METODO: Avaliaram-se 125 escolares indicados pelos professores para compor dois grupos sem queixa de compreensao leitora (um do Ciclo I e outro do Ciclo II do Ensino Fundamental) e dois com queixa (um de cada Ciclo). Avaliaram-se: leitura oral; memoria fonologica operacional e de curto prazo; closura gramatical; compreensao oral e leitora. Para avaliar a compreensao, foram realizadas perguntas do texto lido ou ouvido, classificadas em: literais, text-connecting e gap-filling. O Teste Mann-Whitney comparou os grupos, o Coeficiente de Correlacao de Pearson foi calculado no estudo das correlacoes e tecnicas de analise de regressao linear foram conduzidas para investigar a melhor habilidade preditora da compreensao leitora. RESULTADOS: Observou-se: melhor desempenho do Comparacao I em relacao ao Pesquisa I, com excecao das respostas gap-filling na compreensao oral (p=0,089) e de memoria de curto prazo (p=0,298); diferenca entre Comparacao e Pesquisa do Ciclo II em todas variaveis; mais acertos dos escolares do Ciclo II comparados ao Ciclo I exceto em acuracia (p=0,653), compreensao oral total (p=0,974), e spam de digitos (p=0,218) e questoes literais de (p=0,504) no Comparacao. Quando comparados os Pesquisa, observou-se melhor desempenho do Ciclo II, exceto em decodificacao (p=0,529), compreensao oral (p=0,949), memoria de curto prazo (p=0,201) e compreensao leitora (0,434). O Grupo Pesquisa II mostrou desempenho semelhante em acuracias (p=0,788 , p=0,943), memoria de curto prazo e operacional (p=0,950; p=0,402), e closura gramatical (p=0,076), em relacao ao Comparacao I. Correlacoes positivas foram identificadas entre fluencia leitora, compreensao oral, memoria de curto prazo e operacional e variaveis da compreensao leitora e a compreensao leitora e constituiram diferentes padroes de acordo com o Ciclo e a presenca ou ausencia de queixa de leitura. A acuracia mostrou-se melhor preditora da compreensao leitora no Ciclo I (32%) e a memoria de curto prazo, no Ciclo II (23%). CONCLUSAO: Os escolares sem queixa mostraram melhor desempenho em fluencia e compreensao de leitura e closura gramatical; memoria de trabalho e de compreensao oral, nao diferenciaram escolares com e sem queixas. Os escolares mais velhos com queixas de leitura apresentaram desempenho semelhante ou melhor que o grupo de escolares mais novos com queixa de leitura e desempenho semelhante ou pior que o grupo de escolares mais novos sem queixa de leitura. Diferentes padroes de correlacao foram encontrados A acuracia mostrou-se melhor preditora da compreensao leitora no Ciclo I e a memoria de curto prazo no Ciclo II
Palavra-chave Leitura
Compreensão
Linguagem
Ensino Fundamental e Médio
Transtornos da Linguagem
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 96 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 96 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22552

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta