Internações hospitalares de neonatos com síndrome do desconforto respiratório e sua participação nas internações hospitalares neonatais no âmbito do Sistema Único de Saúde em 2010

Internações hospitalares de neonatos com síndrome do desconforto respiratório e sua participação nas internações hospitalares neonatais no âmbito do Sistema Único de Saúde em 2010

Autor Santana, Sandra Maria Pereira de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Zucchi, Paola Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ensino em ciências da saúde – São Paulo
Resumo O tratamento de transtorno respiratorio neonatal requer internacao em UTIN com equipes especializadas e experientes, alem de investimentos em recursos tecnologicos. Atualmente, esses recursos nao sao distribuidos de forma equitativa entre as regioes brasileiras, pois a decisao relativa ao tratamento e suscetivel a custos. Este estudo fornece dados de internacoes dos neonatos com SDR em relacao as internacoes neonatais no Brasil em 2010, refletindo o status, as limitacoes e a iniquidade dos cuidados intensivos neonatais nas regioes brasileiras, propiciando assim, base para comparacoes longitudinais. As bases utilizadas no desenvolvimento do estudo foram os gastos hospitalares com internacao, dias de permanencia geral, Unidades de Terapia Intensiva e obitos. As informacoes foram extraidas do banco de dados do Sistema de Informacoes do DATASUS e construidas a partir das Autorizacoes de Internacao Hospitalar (AIHÆs), do Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (CNES), para levantamento das UTIÆs Neonatais e da base de Informacoes de Estatisticas Vitais do Sistema DATASUS, para os obitos. O estudo sugere que os gastos hospitalares no tratamento do neonato com SDR sao elevados em funcao dos cuidados intensivos neonatais, que, apesar de considerados caros, proporcionam altos retornos em Saúde para a quantidade de recursos que consome. A variabilidade geografica influi de forma direta sobre os gastos e os cuidados, uma vez que ha menor acesso a esses servicos, resultado da distribuicao e da complexidade diferenciada de leitos de UTINÆs entre as regioes brasileiras
Palavra-chave Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido
Hospitalização/economia
Custos Hospitalares
Unidades de Terapia Intensiva Neonatal/economia
Sistema Único de Saúde/economia
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 26 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 26 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22534

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta