Doença Ulcerosa Péptica e Teste de Apercepção Temática na era H. pylori

Doença Ulcerosa Péptica e Teste de Apercepção Temática na era H. pylori

Título alternativo Peptic ulcer disease and Thematic Apperception Test in the H.pylori era
Autor Marcondes, Maria Lucia Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Libera Junior, Ermelindo Della Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliacao dos aspectos psicologicos de portadoras de doenca ulcerosa peptica. Metodos: Comparou-se aspectos psicologicos de dez portadoras de doenca ulcerosa peptica com dez pacientes do grupo controle, por meio das pranchas 1, 2, 3RH, 7MF e 11 do Teste de Apercepcao Tematica. Resultados: Na prancha 1 do Teste de Apercepcao Tematica, houve diferenca estatisticamente significante entre os dois grupos de pacientes. Todas as pacientes do grupo controle observaram adequadamente a presenca do violino, enquanto no grupo de doenca ulcerosa peptica, somente 40% das pacientes observaram o violino (p = 0,011). Em relacao ao menino tocar o violino, 30% do grupo de doenca ulcerosa peptica e 60% do grupo controle, contaram estorias nas quais o menino conseguiu tocar o violino (p = 0,370). Na prancha 2, 90% do grupo controle e 60% do grupo de doenca ulcerosa peptica relacionaram os personagens como uma familia (p = 0,303). Ainda na prancha 2, 50% do grupo de doenca ulcerosa peptica e 80% do grupo controle, contaram estorias nas quais houve a presenca do desejo de crescimento na personagem desta prancha (p = 0,350). Na prancha 3RH, 50% do grupo de doenca ulcerosa peptica e 70% do grupo controle observaram uma pessoa do genero feminino (p = 0,650). Na prancha 7MF, 90% do grupo de doenca ulcerosa peptica e 40% do grupo controle modificaram o dado perceptivo (p =0,057). Na prancha 11, 30% das pacientes de cada grupo contaram estorias com desfecho negativo. Conclusoes: O grupo de pacientes com doenca ulcerosa peptica apresentou aspecto psicologico diferenciado em relacao ao grupo controle. A diferenca psicologica encontrada no grupo de doenca ulcerosa peptica, por meio dos resultados do Teste de Apercepcao Tematica e que foi estatisticamente significante (p < 0,05), associou-se a ausencia de objetividade ao lidar com a realidade externa, que pode influenciar no surgimento e na capacidade emocional de superacao da doenca ulcerosa peptica. Esses resultados sugerem um questionamento: sabendo-se que pacientes com ulcera peptica podem apresentar alteracoes psicologicas, sera que em pacientes que possuem doenca ulcerosa peptica idiopatica, os fatores psicologicos poderiam ser considerados a sua principal etiologia?
Palavra-chave Teste de apercepção temática
Úlcera péptica/psicologia
Úlcera péptica/patologia
Helicobacter pylori
Cálculos biliares/patologia
Cálculos biliares/psicologia
Humanos
Mulheres
Colecistite
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 72 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22517

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta