Correlacao entre as medidas antropometricas e as alteracoes dos biomarcadores apos terapia de curta duracao com tamoxifeno ou anastrozol em mulheres na pos-menopausa com cancer de mama

Correlacao entre as medidas antropometricas e as alteracoes dos biomarcadores apos terapia de curta duracao com tamoxifeno ou anastrozol em mulheres na pos-menopausa com cancer de mama

Título alternativo Correlation Between Anthropometric Measures and Biomarker Changes After short treatment with tamoxifen or anastrozole in postmenopausal women with breast cancer
Autor Cintra, Karine Angelica Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Varios estudos epidemiologicos observaram associacao positiva entre as medidas antropometricas e o aumento do risco de desenvolvimento do cancer de mama hormonio-responsivo e da mortalidade pela doenca. Contudo, o impacto do perfil nutricional na resposta a terapia endocrina foi pouco avaliada. O indice de massa corporea (IMC), a circunferencia abdominal (CA), a circunferencia do quadril (CQ) e a relacao entre cintura e quadril (RCQ) foram aferidas em pacientes com carcinoma ductal invasivo (CDI) antes e apos terapia de curta duracao com anastrozol, tamoxifeno e placebo e foram analisadas possiveis correlacoes com os biomarcadores: receptor de estrogenio (RE), receptor de progesterona (RPg) e indice de proliferacao Ki67. Foram estudadas 57 pacientes com tumores palpaveis (T1 e T2) hormonio-responsivos, randomizadas em tres grupos de tratamento neoadjuvante por vinte e um dias: anastrozol, placebo ou tamoxifeno. A analise dos biomarcadores foi realizada por estudo imunohistoquimico das amostras pre e pos tratamento, usando-se a escala de Allred. O estudo estatistico foi realizado com o auxilio do programa oStatistical Package for the Social Scienceso (SPSS). Apos o tratamento, o grupo anastrozol mostrou reducao da positividade do RPg (P < 0,05), que foi significativamente mais evidente nas pacientes com maiores CA e CQ (P < 0,05). A diminuicao da positividade do RPg tambem tendeu a associar-se com o IMC nesse grupo (P = 0,09). Observou-se significativa reducao do Ki67 nos grupos tratados com anastrozol e tamoxifeno, mas nao houve correlacao do IMC, CA, CQ e RCQ com a positividade do RE e Ki67 nos demais grupos
Palavra-chave Neoplasias da Mama
Tamoxifeno
Triazóis/uso terapêutico
Antropometria
Nitrilos/uso terapêutico
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 48 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 48 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22503

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta