Consumo de bebidas alcoolicas entre homens e mulheres no Brasil

Consumo de bebidas alcoolicas entre homens e mulheres no Brasil

Título alternativo Different drinking patterns between men and women Brazil: implications for age groups
Autor Wolle, Cynthia de Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A dependencia do alcool e um problema de Saúde publica que acomete varios paises. No Brasil, os primeiros estudos epidemiologicos sao relativamente recentes e apontam para uma tendencia a aproximacao dos padroes de consumo de bebidas alcoolicas entre os generos. Objetivo: Avaliar as diferencas nos padroes de consumo de bebidas alcoolicas entre homens e mulheres ao longo das diferentes faixas etarias no Brasil. Metodo: Com base em amostra representativa da populacao brasileira (n = 3.007), nos avaliamos as diferencas nos padroes de consumo de alcool entre os generos. Tambem foram analisados os efeitos do genero, da idade e da interacao entre genero e idade nas dimensoes do consumo de alcool (consumo frequente, dose usual, consumo em binge e consumo frequente em binge), com uso de modelos de regressao logistica e regressao binomial negativa. Resultados: De maneira geral, os homens tiveram taxas de prevalencia mais altas do que as mulheres em todas as faixas etarias, sendo a razao total entre homens e mulheres de 2,8:1 (consumo frequente), 1,8:1 (dose usual), 2:1 (consumo em binge) e 3:1 (consumo em binge frequente). O genero, a idade e a interacao entre genero e idade tiveram efeitos significantes nos modelos preditivos para todos os padroes de consumo estudados (P <0,01), com excecao da dose usual (P = 0,649). O efeito do genero ao longo das faixas etarias varia com a idade. Enquanto o genero teve um efeito maior nas faixas etarias mais velhas, a diferenca entre homens e mulheres diminuiu nas faixas etarias mais novas. Conclusoes: A convergencia entre os generos no que se refere ao uso de alcool e uma tendencia que pode ser influenciada por fatores ambientais e deveria ser focada nos programas de prevencao e tratamento, assim como nas politicas publicas
Palavra-chave Adolescente
Feminino
Alcoolismo/epidemiologia
Pesquisa
Brasil
Adolescente
Feminino
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 49 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 49 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22466

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta