Evolucao clinica e mortalidade dos pacientes com pneumonia hospitalar por Acinetobacter baumannii em Hospital Universitario

Evolucao clinica e mortalidade dos pacientes com pneumonia hospitalar por Acinetobacter baumannii em Hospital Universitario

Título alternativo Clinical progression and mortality in patients with nosocomial pneumonia for Acinetobacter baumannii in a University Hospital
Autor Castro, Solange Regina Oliveira de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Acinetobacter baumannii e considerado o principal agente causador de infeccao associada aos cuidados de Saúde em pacientes de unidades de terapia intensiva, relacionado a altas taxas de mortalidade em pacientes com pneumonia associada a ventilacao. Objetivos: Analisar a mortalidade entre os pacientes com pneumonia associada a ventilacao mecanica causada por Acinetobacter baumannii. Casuistica e Metodo: Realizamos um estudo tipo coorte retrospectivo na unidade de terapia intensiva clinico-cirurgica de um hospital escola entre 1 de Janeiro de 2002 a 31 de dezembro de 2009. A identificacao dos pacientes foi realizada pelo levantamento das culturas clinicas no Laboratorio de Microbiologia, com posterior revisao dos prontuarios. Os pacientes foram divididos inicialmente em obitos e sobreviventes selecionados pela exposicao a varios fatores potencialmente associados com mortalidade hospitalar e em 14 dias apos o diagnostico das infeccoes. Resultados: Foram identificados 130 pacientes com episodios de pneumonia associada a ventilacao mecanica causada por Acinetobacter baumannii. A populacao masculina foi predominantemente 85 (65,4%) pacientes e a mediana de idade dos pacientes avaliados foi de 56,5 anos (intervalo de 15-91 anos, DP± 20,23). Houve 67 obitos hospitalares, correspondente a 51,5% da populacao. A resistencia aos carbapenemicos foi avaliado em 87(67%) pacientes, sendo que apenas 18% eram resistentes aos carbapenemicos. A analise multivariada identificou o uso de corticosteroides (OR 7,71; IC 95% 2,58-23,02; p = <0,001), McCabe 1 (OR 5,19; IC 95% 1,41-19,11; p = 0,01) e idade (OR = 1,07; IC 95% 1,04-1,10; p = 0,001) como fatores de risco independentes para mortalidade hospitalar nesta populacao. O uso previo de antimicrobianos (OR 0,08; IC 95% 0,01-0,52; p = 0,009), teve um efeito protetor. As unicas variaveis que foram preditores de mortalidade em 14 dias tambem foram idade (OR = 1,03; IC 95% 1,01-1,06; p = 0,004) e McCabe 1 (OR = 5,14; IC 95% 1,84 a 14,33; p = 0,002). Conclusoes: Pneumonia associada a ventilacao mecanica causada por Acinetobacter baumannii e uma grave infeccao, apresentando alta mortalidade. Fatores relacionados ao paciente e uso de corticosteroides foram variaveis relacionadas com a mortalidade nessa populacao
Palavra-chave Infecções por Acinetobacter
Pneumonia
Respiração Artificial
Resistência Microbiana a Medicamentos
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 62 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 62 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22414

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta