Influência dos sistemas noradrenérgico e orexinérgico nos efeitos reforçadores do etanol

Influência dos sistemas noradrenérgico e orexinérgico nos efeitos reforçadores do etanol

Título alternativo Influence of noradrenergic and orexinergic systems on the reinforcement effects of ethanol
Autor Kim, Andrezza Kyunmi Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Souza-Formigoni, Maria Lucia Oliveira de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo A dependência de drogas, dentre as quais ao álcool, envolve complexos processos fisiológicos e pode ser caracterizada não somente por suas propriedades comportamentais e fenotípicas, mas também pelas várias adaptações celulares e moleculares associadas ao seu uso repetido. Neste estudo avaliamos a manipulação farmacológica de dois sistemas de neurotransmissão utilizando dois modelos animais para avaliação dos efeitos reforçadores do etanol. Na primeira etapa deste estudo, avaliamos os efeitos da administração de drogas que atuam nos sistemas noradrenérgico ou orexinérgico sobre o desenvolvimento e expressão da sensibilização comportamental. A prazosina (um antagonista alfa1-adrenérgico) e a ioimbina (um antagonista alfa2-adrenérgico) reduziram os níveis de atividade dos animais durante o desenvolvimento e também na expressão da sensibilização ao etanol. A fenilefrina (um agonista alfa1-adrenérgico) reduziu os níveis de atividade somente na expressão. O SB334867-A (um antagonista de receptor de orexina tipo 1) não modificou a atividade locomotora dos animais. Na segunda etapa deste estudo, avaliamos o papel do receptor de orexina tipo 1 do córtex pré-límbico e da área tegmental ventral, em um modelo de restabelecimento da busca pelo etanol. A administração de SB334867-A intra córtex pré-límbico ou intra-área tegmental ventral reduziu o restabelecimento da busca dos animais pelo álcool, mas não pela sacarose. Os resultados do presente estudo sugerem que estes dois sistemas participam modulando a principal via de recompensa cerebral e que manipulações farmacológicas podem interferir na busca pelo álcool e nos comportamentos relacionados aos seus efeitos reforçadores, que poderão servir de base para futuras ações terapêuticas.
Palavra-chave Etanol
Atividade motora
Comportamento aditivo
Dependência (Psicologia)
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em KIM, Andrezza Kyunmi. Influência dos sistemas noradrenérgico e orexinérgico nos efeitos reforçadores do etanol. 2012. 217 f. Tese (Doutorado) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2012.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 192 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/22398

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-13596.pdf
Tamanho: 2.326MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta